Falso app de recarga de celular na Play Store clona cartões de crédito

Milhares de usuários já instalaram o Recarga Celular e relataram problemas com cartões de crédito

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/03/2016 21:10 / atualizado em 01/03/2016 21:11

Um falso aplicativo de recarga de celular hospedado na Play Store — loja oficial do Google para smartphones Android — ameaça os usuários do sistema operacional. No ar desde novembro de 2015, o “Recarga Celular” promete dobrar o valor reabastecido pelo programa, mas o objetivo do app é, na verdade, coletar dados de cartões de crédito e cloná-los.

 

Google Play Store/Divulgação
 

 

O Google Play informa que entre mil a 5 mil usuários baixaram e instalaram o falso app a partir da loja oficial. Uma vez instalado no celular, o programa exibe telas da suposta função de recarga, informando que aceita vários tipos de cartão de crédito.

 

Google Play Store/Divulgação
 
Google Play Store/Divulgação

 

Para realizar a “recarga” é obrigatório informar o número do cartão. O aplicativo faz, inclusive, a verificação dos algarismos informados para conferir a veracidade.

 

Google Play Store/Divulgação
 

 

Após o envio dos dados, o aplicativo manda o conteúdo coletado — nome, Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e valor da recarga, além de número, data de validade e código de segurança do cartão — para um site registrado no Brasil. A página não tem ligação com qualquer operadora de telefonia. Em seguida, o golpista pode clonar o cartão e usá-lo normalmente.

Diversos usuários reclamaram nas avaliações do aplicativo o fato de não receberem os créditos e posteriores problemas com o cartão. “Já notificamos o Google quanto a existência do aplicativo malicioso na Play Store. Até o momento, ele ainda está no ar”, comenta o analista sênior de segurança da Kaspersky Lab no Brasil Fabio Assolini, responsável pela descoberta do falso programa.

 

Google Play Store/Divulgação
 

 

Não é o primeiro

O analista conta que esta não é o primeiro programa golpista a se hospedar na loja do Google Play. No fim de 2014, foram encontrados dois trojans bancários móveis — vírus capazes de clonar dados — desenvolvidos no Brasil. Já em outubro do ano passado, um outro app falso de recarga da loja, o “Recarga Brasil”, foi removido do ar.

 

Google Play Store/Divulgação
 

 

“Alertamos aos usuários de Android que baixem e utilizem somente os apps oficiais das operadoras de telefonia na hora de recarregar o celular. Desconfie de supostas promoções oferecidas pelo apps, isso é um claro sinal de que se trata de um golpe”, adverte.

O aplicativo falso é detectado com o veredito “HEUR:Trojan-Banker.AndroidOS.Fareac.a” e os sites relacionados ao golpe são bloqueados.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.