Ray Tomlinson, o criador do e-mail, morre aos 74 anos nos EUA

Tomlinson Concebeu o programa que permite enviar uma mensagem de um computador a outro quando trabalhava na Arpanet

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/03/2016 11:23

AFP / MIGUEL RIOPA
 

 

Washington, Estados Unidos - Inventor do e-mail, o americano Raymond Samuel Tomlinson morreu no sábado aos 74 anos, e deixou como herança uma nova forma de comunicação que se tornou universal.

A morte do homem que escreveu a primeira mensagem eletrônica em 1971 foi comunicada por seu empregador, a empresa americana de defesa Raytheon, que não informou as causas do falecimento.

"Verdadeiro pioneiro da tecnologia, Ray é o homem que inventou o e-mail no início dos computadores conectados", lembrou a empresa em um comunicado.

"Seu trabalho mudou a maneira como o mundo se comunica e, no entanto, apesar de todos os seus êxitos, continuou sendo humilde, amável e generoso. Fará falta a todos nós", acrescentou a Raytheon.

Um dos pais fundadores da Internet, Vinton Cerf, entre os criadores dos protocolos de transferência de dados eletrônicos TCP/IP, atualmente vice-presidente do Google, disse no Facebook estar comovido com esta triste notícia.

A Internet "perdeu um de seus verdadeiros pioneiros", afirmou por sua vez a Internet Society, uma organização americana que goza de grande autoridade moral e técnica no mundo.

Nascido em 1941 na pequena cidade de Amsterdam, 250 km ao norte de Nova York, Ray Tomlinson se formou no prestigiado Massachusetts Institute of Technology (MIT).

Concebeu o programa que permite enviar uma mensagem de um computador a outro quando trabalhava na Arpanet, a rede reservada a pesquisadores e militares que mais tarde abriria caminho para o nascimento da Internet.

"O primeiro e-mail? Esqueci"

Também foi Tomlinson que concebeu a ideia de utilizar o caractere @ (arroba) para separar a identidade da pessoa da rede com a qual se vincula.

O provedor de e-mail Gmail, desenvolvido pelo Google, elogiou em sua conta do Twitter a obra deste precursor com um sóbrio "obrigado, Ray Tomlinson, por ter inventado o e-mail e a famosa @ #RIP".

A história da invenção do e-mail foi narrada com detalhes pelo próprio Ray Tomlinson em seu blog para impedir que a lenda substituísse os fatos.

"Não acreditem em tudo o que leem na web. Lembrem que há seres humanos por trás destas páginas, e os humanos cometem erros", advertia.

"A primeira mensagem eletrônica foi enviada entre duas máquinas que se encontravam literalmente uma ao lado da outra", conectadas através da Arpanet, explicou certa vez.

"Enviei um determinado número de mensagens de teste de uma maquina para outra. A primeira mensagem era completamente esquecível e, efetivamente, a esqueci. Muito provavelmente era algo como QWERTYUIOP ou parecido", dizia, em referência à primeira fileira de letras do teclado.

"Depois que fiquei satisfeito com o funcionamento do programa, enviei uma mensagem a outros pesquisadores para explicar a eles como enviar uma mensagem pela rede. A primeira mensagem eletrônica anunciou sua própria existência", destacou.

Em uma entrevista de 2012 ao site especializado The Verge, Ray Tomlinson comemorava o fato de sua invenção ser "usada por todos, exatamente como (ele) imaginava".

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.