Desembargador derruba bloqueio e WhatsApp voltará a funcionar no Brasil

Prazo para que o aplicativo volte a operar normalmente, no entanto, varia de cada operadora de celular

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/05/2016 14:30 / atualizado em 03/05/2016 14:56

JUSTIN SULLIVAN


Após mais de 24h fora do ar, o WhatsApp conseguiu derrubar a liminar que impedia seu funcionamento e voltará a operar em todo o Brasil. A decisão foi tomada pelo desembargador Ricardo Múcio de Abreu Lima, do Tribunal de Justiça de Sergipe, no início tarde desta terça-feira (03/05).

Leia mais notícias em Tecnologia

Segundo o Tribunal, o WhatsApp pediu a reconsideração da decisão de manter o bloqueio que foi expedida pelo desembargador Cezário Siqueira Neto na madrugada desta terça. De acordo com a Corte, o prazo para que o aplicativo volte a funcionar normalmente depende de cada operadora de celular.

Proibição
Por determinação do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE), o aplicativo de mensagens instantâneas Whastapp teve que sair do ar desde a tarde dessa segunda-feira (2/5).

A medida cautelar foi expedida pelo juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE), o mesmo que em março determinou a prisão do vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan.

Segundo o Tribunal de Justiça de Sergipe, a ordem de bloquear o WhatsApp se deu pelo mesmo motivo que levou ao pedido de prisão do executivo: a empresa não forneceu à Justiça mensagens relacionadas a uma investigação sobre tráfico de drogas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Horst
Horst - 03 de Maio às 15:35
Juiz Marcel Montalvão, não desista! Se esta foi a única maneira que o sr. encontrou para forçar a multinacional Face Book a colaborar com a justiça no combate ao tráfico de drogas e, quiçá, de pessoas, pedofilia, entre outros malefícios sociais, vá em frente. As pessoas de bem deste país estão com V.Exª.