"Novo Orkut" abre inscrições para brasileiros, mas apresenta falhas

O diferencial da social é a ideia de conectar pessoas que têm interesses similares

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/07/2016 18:40 / atualizado em 20/07/2016 18:40

Hello/Reprodução


O Orkut deixou saudades em muita gente quando saiu do ar, principalmente no Brasil, país que contava com mais de 80 milhões de usuários. Agora, o "Hello", aplicativo criado pelo mesmo fundador da do Orkut, promete trazer de volta o estilo descontraído que conquistou tantas pessoas. Os brasileiros já podem se cadastrar na nova plataforma.

Como a novidade, que já estava fazendo sucesso em outros países, era muito aguardada no Brasil, a grande quantidade de pessoas acessando o sistema parece ter prejudicado o desempenho do aplicativo em aparelhos que usam o sistema Android. Na Google Play é possível ver vários comentários negativos sobre o programa, e reclamações de bugs. Alguns relatos dizem que o sistema está travando na etapa do registro, ou encerrando inesperadamente, e outros não receberam o código de verificação no celular, processo necessário para criar uma conta.

O diferencial da rede social é a ideia de conectar pessoas que têm interesses similares. Para isso, na hora do cadastro, é necessário selecionar cinco interesses pessoais, ou na língua do Hello, estabelecer quais são suas "personas": amante de café, corredor, gastrônomo, etc.

O sistema também oferece um "Jogo", em que as pessoas vão ganhando pontos e recompensas a medida que vão utilizando o aplicativo, e interagindo com pessoas, subindo aos poucos de níveis. Essa sessão do perfil se chama "Meu karma".

A proposta do criador, Orkut Buyukkoten, é uma ferramenta onde o "medo e ódio não têm lugar", e, principalmente, para "amizades verdadeiramente profundas", com outras maneiras de conectar e criar relacionamentos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.