Virus simula WhatsApp para roubar informações pessoais do usuário

Malware afeta dispositivos Android e convida a vítima a instalar uma nova versão do mensageiro, com recursos exclusivos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/08/2016 14:14 / atualizado em 10/08/2016 16:39

 

Um novo virus chegou para confundir os usuários de smartphones Android. Batizado de WhatsApp.CreditCardStealer, o malware oferece a instalação de uma versão exclusiva do mensageiro e aproveita a brecha no acesso para roubar informações bancárias e dados pessoais.


A praga virtual encaminha um link para o e-mail da vítima que, ao clicar, tem o aparelho infectado. A partir daí, a loja de aplicativos Google Play é desativada, para que o proprietário não instale um antivirus, e os dados vão parar em um servidor próprio dos hackers. Para aumentar ainda mais o prejuizo, o virus  faz o cadastro do número em serviços de mensagens pagas.


Para não cair neste tipo de golpe, é preciso alguns cuidados: não baixe aplicativos fora da loja de apps do smartphone, fique atento as solicitações de permissões exigidas por um app e mantenha o antivirus sempre atualizado.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.