Tirar selfies pode melhorar o humor e aliviar o estresse do dia a dia

A prática, contudo, pede alguns cuidados. Para algumas pessoas ou quando feita em excesso, gera frustração, alertam especialistas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/09/2016 08:00 / atualizado em 26/09/2016 10:55

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press


Nem sempre é possível evitar os sentimentos ruins, e existem dias em que tudo parece que vai dar errado. Porém, pesquisadores da Universidade da Califórnia em Irvine afirmam que uma das soluções está no seu bolso. Psicólogos da instituição sugerem que os celulares podem ser utilizados para melhorar o humor e reduzir o estresse. Basta ligar a câmera e tirar uma selfie. Outros tipos de fotos, como de paisagens ou de situações agradáveis, também ajudam. Porém, é preciso cuidado, pois o exagero na produção das fotografias tende a causar frustração, conflitos nos relacionamentos e até indicar transtornos de personalidade.

A pesquisa, publicada recentemente na revista Psychology of Well-Being, foi realizada com 41 estudantes de uma universidade pública dos Estados Unidos. Durante quatro semanas, os jovens, com idades entre 18 e 36 anos, responderam a três questionários diários que mediam seus níveis de humor e de estresse. Além disso, eles tiraram uma foto por dia por meio de um aplicativo desenvolvido pelos pesquisadores.

Leia mais notícias em Tecnologia

Os participantes foram divididos em três grupos. No primeiro, eles deviam tirar selfies em que apareciam sorrindo. No segundo, a missão era produzir imagens que deixassem os próprios voluntários felizes. O terceiro grupo, por sua vez, precisava criar fotos que tornassem pessoas próximas felizes. Esse último grupo devia, ainda, compartilhar as imagens por aplicativos, e-mail ou redes sociais. Somente os participantes que tiravam selfies podiam aparecer nas fotografias produzidas.

Segundo os resultados, as selfies se mostraram capazes de melhorar o humor, mesmo em situações mais difíceis. “Uma das minhas selfies foi tirada quando descobri que um amigo havia morrido. O sorriso era falso, mas pensei que, se eu conseguisse me ver sorrindo em uma foto, as coisas ficariam bem pelo resto do dia”, disse aos pesquisadores um dos participantes. Outras pessoas desse grupo afirmaram notar que ficaram mais confortáveis com a própria imagem, e que seus sorrisos ficaram mais naturais nas fotos ao longo do tempo.

Fotografar objetos ou situações felizes também ajudam, indica o trabalho. Os jovens que tiraram fotos de elementos do seu cotidiano para se sentirem mais felizes disseram ter se tornado mais conscientes do efeito do ambiente sobre o humor. Além disso, os que compartilharam suas fotos com pessoas próximas notaram uma redução no estresse e maior conexão com membros da família e do círculo de amizades. “Eu não falo muito com meu pai, mas ele ficou feliz quando enviei as imagens para ele. Foi um tipo de comunicação”, descreveu um dos estudantes.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.