Brasília recebe a Campus Day neste sábado

As atrações incluem um desafio de programação e mais de 20 palestras com criadores de jogos famosos e outros renomados profissionais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/11/2016 11:24 / atualizado em 04/11/2016 11:33

Divulgação

Brasília vai receber um dos maiores encontros de tecnologia e inovação do mundo, a Campus Party. Mas não vai ser preciso esperar até julho de 2017 para vivenciar um pouco dessa experiência. Neste sábado (5/11), o Centro de Convenções Ulysses Guimarães vai receber a Campus Day Brasília, uma versão "pocket" do evento. As vagas já estão esgotadas, mas é possível se inscrever em uma lista de espera no site oficial. A programação terá início às 14h e segue até 22h.

O evento promete oito horas de programação e vai contar com várias atividades e palestras com nomes do universo tecnológico. Um dos pontos mais aguardados será a palestra com Joseph Olin, criador do jogo Tomb Raider e de uma das principais heroínas do universo gamer – Lara Croft.

Além disso, o evento terá como atração um "Hack Day", onde diferentes equipes vão tentar criar a melhor solução para o desafio proposto. O tema desta edição é "como desenvolver a educação financeira de estudantes do ensino médio e fundamental, de forma lúdica, para quem se formem adultos economicamente e socialmente conscientes e capazes". O time vencedor vai ganhar um prêmio de R$ 5 mil. A comissão avaliadora levará em conta os critérios de criatividade e interesse público.

Atrações

Além de Joseph Olin, que vai falar sobre os desafios de ser um produtor de games bem sucedido, há vários profissionais que trabalham com jogos na realidade próxima. Os palestrantes Eduardo Freire e Gustavo Arcanjo, por exemplo, vão compartilhar a história deles na Fira Soft, uma das empresas de jogos mais antigas do Distrito Federal, com 5 anos.

A sustentabilidade do mercado tecnológico também vai ganhar destaque com a palestra "Lixo eletrônico que gera robótica, renda e cidadania". Os participantes vão aprender como extrair componentes de lixo eletrônico para utilizá-los na reciclagem e construção de novos produtos.

Haverá também uma palestra muda do doutor em Comunicação Dado Schneider. Sem dizer uma palavra, ele promete dar um manual de sobrevivência para a geração Y em tempos de crise. Já o especialista em segurança da informação Edson Borelli vai revelar alguns segredos de como usar o Google e encontrar documentos confidenciais.

Outro destaque é a palestra "Como a evolução tecnológica traz novas tendências de mobilidade", com o gerente de Estratégia do Produto da Ford América do Sul, Luciano Driemeier; "O futuro do trabalho", com Paco Ragageles, co-fundador da Campus Party, que vai falar sobre os efeitos da chegada dos robôs aos postos de trabalho dos humanos e "Imprimindo em 3D", com Guilherme Garcia, sócio da Brasília Fab Lab, que faz parte de uma rede mundial de laboratórios de fabricação digital, com o objetivo de facilitar a prototipagem de diferentes projetos.

Já no Campus Fórum, o tema será "A revolução da educação" e pretende discutir "como a forma de ensinar e aprender têm ficado cada vez mais acessível, próxima e tecnológica, tanto para professores quanto para os alunos". Os palestrantes serão Clayton Dick, engenheiro criador da plataforma Redação Nota 1000, para desenvolvimento da escrita de alunos a partir do 5º ano do Ensino Fundamental; Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party e Genésio Gomes, professor que criou o Células Empreendedoras, metodologia de ensino que visa estimular o empreendedorismo, atendendo demandas dos alunos e do mercado. A programação completa está disponível aqui.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.