Esta declaração de amor no Facebook mostra que 2017 já começou bem

William Cecconello escreveu sobre a noiva Marina Bernardes com um lindo texto que viralizou pelo Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/01/2017 16:10 / atualizado em 14/01/2017 19:13

N Foto Produções/Divulgação


"Ele inspirou outras pessoas a perceberem que o amor é admiração mútua, mudando defeitos (seus e do outro) e buscando conciliação para os imutáveis”. Uma declaração de amor feita no Facebook por um mestre em Psicologia a sua noiva tem emocionado e servido de inspiração desde 5 de janeiro, quando foi publicada. William Cecconello, 24, escreveu sobre a pesquisadora Marina Bernardes, 23, no aniversário de noivado. O post tem mais de 220 mil curtidas e quase 38 mil compartilhamentos.

 

 

 

Observador, William descreve as manias e as qualidades de Marina em ações rotineiras do dia a dia. Ele enxerga e reconhece o amor, inclusive nas pequenas coisas. “Ela faz eu me apaixonar todo dia, por um motivo diferente. Nos últimos 6 anos e meio”, declarou.

 

Em entrevista ao Correio, o psicólogo afirmou ser difícil escolher apenas uma coisa favorita da noiva: "Ela é minha melhor amiga e eu gosto principalmente do jeito que ela me completa. Eu sou mais ponderado, ela é mais viva, emática". 

 

O casal não esperava que a declaração chegasse tão longe. Eles receberam mensagens e comentários dizendo o quanto o texto foi verdadeiro e serviu de inspiração para encontrar e cuidar de um amor verdadeiro. “Esse punhado de likes/compartilhamentos são o equivalente a ter dois estádios de futebol nos abraçando ao mesmo tempo”, explicou William.

 

N Foto Produções/Divulgação

Escrito com amor

Marina disse que se sentiu muito amada e emocionada e não se surpreendeu por ter sido retratada com tantos detalhes, pois William “a conhece muito bem”. “Nós dois conversamos muito, rimos diariamente sobre nossas manias e hábitos mais estranhos. E isso tudo foi mais do que um resumo verdadeiro sobre coisas que acontecem em nossa rotina, pois foi escrito com amor”, lembra, emocionada. 


Se fosse a vez da arquiteta de escrever, ela diria que William é um bom companheiro: “Sempre pega o violão pra acompanhar minhas músicas sobre atividades domésticas. Temos um relacionamento muito sincero, sempre que encontramos alguma dificuldade conversamos sobre ela. Ele é muito paciente e gentil”.

 

A história deles parece aquela dos filmes de sessão da tarde. Eles se conheceram ainda no ensino médio e começaram a namorar antes dos 18 anos. Após 6 anos de relacionamento ficaram noivos. Como num romance, o pedido foi feito em um sítio com os amigos, no pôr do sol, ao redor de uma fogueira, com violão e a música favorita dela.

Eles passaram a morar juntos no final de 2015. O pedido ocorreu porque eles se consideravam mais do que namorados. Os planos para o casamento não eram tão concretos, mas agora o casal já pensa em planejar a cerimônia.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.