Brasília é a primeira cidade na América Latina com ligações por 4G

Tecnologia traz alta definição de voz, serviço mais estável e menos consumo de bateria

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/07/2017 16:40 / atualizado em 25/07/2017 19:46

Brasília - Internet mais rápida não é o único benefício da tecnologia 4G. Para quem ainda prefere se comunicar por meio de ligações telefônicas, a conexão permite alta definição de voz, maior estabilidade dos serviços e até mesmo redução do consumo de bateria na hora das chamadas.


A partir desta terça-feira (25/7), assinantes de pacotes 4G da TIM poderão aproveitar da operacionalização do VoLTE (Vocie over LTE, na sigla em inglês), tecnologia que permite ligações de voz em alta definição pela rede de quarta geração. Brasília é a primeira cidade da América Latina a receber a funcionalidade, que deve chegar ao Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, Natal, Maceió e Uberlândia até o final do mês.


“Além dos investimentos para ampliar nossa cobertura 4G, temos trabalhado para agregar ainda mais funcionalidades à rede, buscando melhorar continuamente a experiência dos nossos clientes. O VoLTE é um grande exemplo disso. A tecnologia permite chamadas de voz em alta definição, aliadas à redução do consumo de bateria e do tempo de espera para a conexão ser estabelecida.”, explica  Leonardo Capdeville, CTO da TIM Brasil.


Diferenças
Atualmente, quando o consumidor recebe chamadas, a conexão passa automativamente para 3G ou 2G. O VoLTE permite que as ligações, hoje realizadas por meio de circuitos, evoluam para uma rede de dados - por meio da rede LTE (4G) - garantindo eficiência e estabilidade. O menor tempo no estabelecimento da conexão, que passa de oito para dois segundos, também deve agradar os usuários.


Outra vantagem do serviço é que as ligações não são descontadas do pacote de dados. “Não haverá qualquer tarifação adicional ou ajuste nas ofertas. O cliente também não precisará fazer uma ativação ou escolher qual rede quer utilizar. Tudo acontece de forma automática, simples e transparente para o consumidor”, complementa Capdeville.
Vale ressaltar que o acesso à tecnologia necessita de um smartphone compatível e da atualização do sistema operacional para a versão mais recente.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.