Facebook faz pedido para que usuários enviem 'nudes' à empresa

A iniciativa visa combater a pornografia da vingança

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/11/2017 11:42 / atualizado em 08/11/2017 14:21

Leon Neal/AFP

A grande luta para barrar a propagação de pornografia nas redes sociais ganhou mais um capítulo. O Facebook anunciou novo teste para combater o ato, e para isso lançou a campanha para os usuários pedindo que eles mandem nudes para a companhia. A empresa promete marcar as imagens com digitais, bloqueando, assim, a divulgação das fotos nas redes ligadas ao grupo, e evitando a replicação. 

Em alerta ao crescimento do que chamam de "pornografia da vingança", o Facebook alerta que as pessoas são intimidadas através de imagens íntimas divulgadas de forma não consensuais por parceiros ou ex-parceiros na rede. 

A tecnologia foi desenvolvida entra a parceria da empresa e uma agência do governo australiano. Em uma entrevista à ABC, a chefe da comissão governamental de segurança na web, Julia Inman Grant, ainda contou que a iniciativa cria um ambiente em que as vítimas em potencial se antecipem aos abusadores antes que as imagens sejam vazadas no Facebook, no Instagram e no Messenger. 

Dados

Segundo dados do Instituto de Pesquisa Dados e Sociedade cerca de 4% de usuários americanos são vítimas deste tipo de pornografia. A maioria são mulheres até 30 anos. 

Casos

Na última terça-feira (8/11), um caso de vazamento de imagens íntimas ganhou repercussão nas redes sociais. A cantora Sia ironizou o vazamento de fotos íntimas ao se adiantar e publicar a própria "nude" no Twitter. A ação foi motivada após a descoberta de que alguém estava tentando vender aos seus fãs imagens em que ela aparece nua.  
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.