Magic Kingdom, o parque dos clássicos, ideal para as crianças

Com o dólar em alta, o melhor mesmo é escolher o parque certo para cada idade e gastar o dinheiro em compras. No Magic Kingdom, os pequenos fazem a festa com princesas e castelos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 09/07/2015 16:43 / atualizado em 09/07/2015 16:43

Ataide de Almeida Jr. , Enviado Especial

Matt Stroshane/Divulgação


Em Orlando, a Disney conta com seis parques, sendo dois aquáticos. Se a viagem for feita com crianças de até 10 anos, o melhor mesmo é começar pelo Magic Kingdom, o primeiro parque fundado por Walt Disney, em 1971. É lá onde se encontram as princesas, o castelo da Cinderela, as mais que famosas irmãs Elsa e Ana, de Frozen, o tradicional Aviãozinho do Dumbo, além das xícaras giratórias de Alice no País das Maravilhas — ambos devem ser evitados após as refeições.

Antes de começar, é preciso se programar. Converse com as crianças e explique quais atividades o local oferece. Por exemplo, pergunte se gostariam de tomar café da manhã com as princesas, a quais paradas vão querer assistir e se preferem brinquedos mais suaves ou “radicais”. Isso porque, em julho, as filas são enormes — algumas ultrapassam os 80 minutos de espera —, o que pode deixá-las cansadas logo no começo.

Walt Disney World/Divulgação


Feito isso, baixe o aplicativo My Disney Experience. Por meio dele, você poderá agendar as refeições com os personagens e o seu FastPass+ (sistema fura fila da Disney) para as atrações mais concorridas. Entre elas, estão: a montanha-russa dos Sete Anões (pode levar os pequenos sossegados, é tranquila); a Buzz Lightyear’s Space Ranger Spin, na qual deve-se acertar tiros ao alvo; e a Mansão Mal Assombrada (padrão Disney de terror e não dá medo).

Se quiser complementar com mais um FastPass, prefira as atrações em que a criança ficará perto dos personagens da Disney, clássicos como o Mickey e as mais modernas, como as protagonistas de Frozen. Vale a pena bater uma foto e guardar de recordação.

Ryan Wendler/Divulgação


As crianças ainda vão se divertir com a atração do Peter Pan, que simula um sobrevoo por Londres e a Terra do Nunca; e a Pequena Sereia, na qual você “mergulha” no fundo do mar e acompanha a história de Ariel.

Logo depois de almoçar, prefira as atrações mais calmas. Comece pelo It’s a small world, um passeio de barco pelos continentes do mundo, onde 300 bonecos fantasiados cantam e dançam (atenção, adultos podem sentir um sono incontrolável). Depois, siga para o cinema 4D e veja as confusões de Pato Donald e Mickey no filme Mickey’s PhilharMagic.

Dicas


» Em julho, as temperaturas ultrapassam os 30ºC e pode chover. Por isso, mantenha-se hidratado, leve boné e protetor solar, além de uma capa de chuva

» Use calçados e roupas confortáveis

» Se possível, hospede-se perto dos parques, nos resorts da Disney, pois
há transporte direto e sem custos

» As crianças não vão conseguir se controlar com tantos produtos relacionados aos personagens. No entanto, tente contê-las, pois alguns podem ser encontrados em mercados, como Walmart e Target, por preços menores

» A Disney oferece pacotes de comida e bebida. Dependendo da quantidade de crianças e do tempo em que for ficar por lá, vale a pena olhar os preços

» É permitida a entrada de comida nos parques. Se você tiver tempo e puder transportar a comida, pode preparar um lanche e economizar
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.