COLÔMBIA

Colorida e inspiradora, Cartagena das Índias oferece cultura e compras

As tradicionais fachadas de várias cores e as vielas quase idênticas são a marca de Cartagena das Índias. Por lá, procure pelo passeio no vulcão Totumo e tome um banho de lama

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/07/2015 09:03 / atualizado em 29/07/2015 20:11

Guilherme Araújo , Especial para o Correio

Wikimedia/Divulgação

Essa cidade amuralhada encanta pelos cavalos que puxam as carroças nas ruas estreitas. Os enormes muros de concreto cercam as fachadas coloniais de diversas cores com mais de 400 anos. É possível rodear a cidade caminhando sobre os 11 quilômetros de muro e visualizar o mar que cerca essa região. Ou perder-se pelas vielas parecidas. Fundada em 1533, Cartagena foi inspiração para Gabriel García Márquez, escritor colombiano ganhador do Prêmio Nobel de Literatura em 1982. Cartagena é Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, título recebido em 1984.

Fora dos muros, é possível visitar o Castelo de San Felipe, as praias públicas e privadas do Caribe e até mesmo mergulhar num vulcão de lama. Fique atento, pois mesmo que parte do litoral seja pública — como a Plaia Blanca (uma das mais bonitas, apesar de ser superlotada) —, é preciso pagar cerca de 60 mil pesos colombianos (R$ 75) para usufruir do local. Cartagena também é uma cidade portuária e muitos optam por ingressar na cidade por cruzeiros.

Para mergulhar no vulcão Totumo, é necessário fechar um pacote com agências. O passeio é exótico, já que o turista se submete a nadar na lama de um vulcão. Durante a visita, é possível fazer uma massagem. Depois da atração, colombianas que vivem ali oferecem um banho no rio ao redor do vulcão para limpar a lama do corpo.

Guilherme Araújo/Divulgação

Preço

É importante lembrar que tanto a massagem quanto o banho são despesas adicionais. Pode-se almoçar numa comunidade de El Totumo, que vive próxima ao vulcão. Há uma praia no local que os turistas podem desfrutar antes de retornar a Cartagena.

Um dos principais pontos turísticos da Colômbia, Cartagena é uma cidade cujo custo de vida é alto, se comparada às cidades do sul do país. Pagam-se, por exemplo, até 8 mil pesos colombianos por uma cerveja popular colombiana. A mesma bebida pode ser encontrada por até 2 mil pesos em Medellín ou Santa Marta.

A cultura é predominante no local. Todos os anos, em março, acontece o Festival Internacional de Cinema de Cartagena.


Tradição
O Festival de Cinema de Cartagena foi criado em 1960, com a realização da primeira edição no Teatro Cartagena. O evento conta com a participação de produções de 30 países. Aproximadamente 120 mil pessoas assistem aos filmes do Festival todos os anos. Além disso, na época da mostra, a organização promove o “Cine en los Barrios” (Cinema nos bairros), um programa feito para levar a arte para toda a cidade.


Compras
Em Cartagena, é possível descansar com estilo, porque a cidade é uma vitrine das criações dos melhores estilistas da Colômbia, tais como Hernán Zajar e Silvia Tcherassi, que possuem butiques na região. Também há lojas de marcas internacionais, guayaberas (camisas para homens que, às vezes, são bordadas), joias, artigos em couro e acessórios para moda. Além disso, a cidade realiza todos os anos o  Congresso Latino-Americano de Moda. Se está procurando apenas lembrancinhas, vá em Las Bóvedas, perto de alguns fortes da cidade velha, onde se vende artesanato.


Museu Naval
Entre o baluarte de San Francisco Javier e o templo de San Pedro Claver está o Museu Naval do Caribe. Ao local, é possível chegar atravessando a Praça de Santa Teresa. Ali, no salão Republicano, os visitantes aprendem sobre a cultura e as rotas do comércio dos índios Caribe. Outro espaço do edifício é o salão Galeria Naval, com mais histórias sobre os mares do Caribe.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.