SERVIÇO

Cada destino é um flash! Veja dicas para tirar fotos melhores nas viagens

Tirar fotos de qualidade é essencial para guardar boas recordações daquelas férias maravilhosas. O Turismo, com a ajuda de um especialista, separou dicas que irão lhe ajudar a fazer imagens melhores em viagens

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/07/2015 16:00 / atualizado em 30/07/2015 15:46

João Paulo Barbosa/Divulgação

Para não deixar apenas na memória aqueles cenários deslumbrantes da sua viagem, a melhor opção é fotografar. Tudo começa pela escolha do melhor equipamento, que pode ser tanto uma câmera profissional, quanto um smartphone ou aqueles dispositivos à prova d’água e de quedas. Em seguida, vêm os acessórios, como flash e lentes. Alguns elementos ainda contam para que a imagem fique perfeita, entre eles, a luz e o enquadramento. No entanto, o mais importante é o olhar do fotógrafo. Confira mais dicas do fotógrafo João Paulo Barbosa, ganhador do Prêmio National Geographic.

Câmera ideal
A câmera fotográfica é algo muito pessoal e deve ser escolhida com base na necessidade do usuário. “Se você quiser expandir a fotografia, usar mais recursos, vai precisar de um equipamento melhor”, observa João Paulo. Ele diz que, para cada viagem, existe um tipo diferente de máquina. “Em uma uma semana em Paris, você não vai precisar dos acessórios que levaria à Antártida. Quem vai decidir qual é a melhor câmera é o viajante.”

Cuidados com a luz

A boa luz vai variar do que o turista está fotografando. “Fotografar no nascer do sol e no pôr do sol, que são luzes quentes, mais amarelas, é uma boa”, comenta. Em situações de baixa luminosidade, recomenda-se o uso do flash. Caso isso não seja possível, é importante colocar a câmera em modo manual e controlar a velocidade do obturador.

Enquadramento
Para um enquadramento de qualidade, tente deixar o horizonte reto e repare se nos lados da fotografia não existem objetos indesejados, como a mão de uma pessoa ou o galho de uma árvore. “O enquadramento é, de certa forma, deixar as linhas da foto limpas”, explica João Barbosa.

Fuja dos clichês
Trabalhe com formas, explore ângulos novos, diferentes, não tenha medo de que uma foto fique estourada (com muita luz). Ande, conheça o local onde você vai bater a foto, procure uma perspectiva distinta, dê atenção aos detalhes. Observe as fotos dos outros turistas e tente ser o mais original possível, fuja dos clichês.

Outras dicas
O Cooperative of Photography (cooph.com) é uma comunidade on-line focada em compartilhar noções de fotografia.

Em uma das postagens mais recentes do site, o grupo reúne dicas de como melhorar o enquadramento das fotos, quais são os melhores ângulos e recursos necessários.

A primeira dica é amarrar suportes em seus equipamentos, evitando que eles caiam. Em seguida, é a sua vez de explorar ângulos diferentes, jogando sua câmera para cima ou prendendo-a em algum local.

Para ajudar, lembre-se que boa parte dos equipamentos podem ser controlados a distância por smartphones. Utilize essa função para buscar novos enquadramentos. Há ainda opção de comprar câmeras resistentes, como as GoPro, e tirar fotos de situações inusitadas.

A melhor dica do site, no entanto, é ter paciência para esperar pelo momento ideal de apertar o obturador.

Vale lembrar ainda a importância de fazer becape das fotografias em dispositivos diferentes, como pendrives e HDs, para não perder os arquivos.


Curso
Quer aprender mais sobre fotografia de viagem? O fotógrafo João Paulo Barbosa vai ministrar o curso  Fotografia de Viagem “Janelas para o Mundo”, especialmente criado para fotógrafos viajantes que desejam ampliar seus conhecimentos sobre a arte e a técnica de capturar imagens de lugares, pessoas e paisagens ao redor do mundo. As aulas ocorrem em agosto. Mais informações: joaofotobrasil@gmail.com.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.