Aulas de dar água na boca: cursos de culinária em quatro países diferentes

Cresce o número de turistas que optam por aproveitar as férias para aprender um novo idioma. E por que não aliar isso a algo prazeroso, como cozinhar? Conheça escolas de culinária ao redor do mundo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/08/2015 09:00 / atualizado em 13/08/2015 20:50

Laisa Queiroz /

 

CI - Central de Intercâmbio/Divulgação
 

Viajar não é, necessariamente, um período de descanso e pernas para o alto. Há quem prefira aproveitar o tempo longe da rotina para aprender algo novo, como a língua de um determinado país. Entre os destinos mais clássicos, com certeza encontrará diversas escolas voltadas para o público estrangeiro e, boa parte delas, oferece experiências que vão muito além do idioma. Uma das que mais fazem sucesso são as aulas de culinária.

O empresário Valério da Silva, 52 anos, por exemplo, decidiu aproveitar a visita a Buenos Aires, em 2008, para aprender novas receitas. Além de rever pontos turísticos tradicionais, como a Casa Rosada e o colorido bairro La Boca, se inscreveu em dois cursos da escola Gato Dumas: cozinha prática e cozinha light. Cada um deles durou duas semanas. “Minha filha ia fazer um curso de espanhol e resolvi estudar também, fazendo algo que gosto”, conta.

Valério sabe falar espanhol, mas reconhece que fazer o curso exigiu mais prática e aprendeu termos técnicos da cozinha. Além disso, descobriu como fazer comidas típicas da culinária argentina e da mundial. “Fiquei encantado em ver que pratos simples, como um omelete, que eu aprendi no primeiro dia de aula, podem ser maravilhosos se você souber alguns truques e tiver os equipamentos certos”. “Mas o meu favorito foi o frango recheado com quinoa e ervilhas frescas.”

 

CI - Central de Intercâmbio/Divulgação
 

O Turismo selecionou outras escolas de idiomas aliadas à cozinha, ou que são focadas apenas na gastronomia (para quem já domina a língua e quer se profissionalizar).

Serviço

  • Gato Dumas — Colegio de Gastronomía
  • gatodumas.com.ar
  • Avenida Córdoba 1751, Entre Avenida Callao y Rodriguez Peña, Ciudad de Buenos Aires
  • +54 11 4811-6530

 

Itália

Liana Sabo/CB/D.A Press

O Coliseu, o Panteão, o Fórum Romano e a Fontana di Trevi são pontos turísticos importantes para quem visita Roma. Mas a capital italiana não é conhecida apenas pela história e pela arquitetura impressionantes. A gastronomia de lá (e de todo o país) é apreciada em vários lugares do mundo — e com razão. Quem não gosta de um bom prato de espaguete artesanal ou de uma pizza feita no forno a lenha?


Espalhadas pelo país, há várias escolas de culinária, que oferecem desde cursos de curta duração, para quem quer aproveitar as férias para aprender o idioma de um jeito muito mais divertido (e delicioso), até os profissionalizantes. Em Roma, a dica vai para o centro de língua e cultura italiana Torre di Babeli. Mas se você prefere uma cidade mais tranquila, outra boa opção é a escola Linguaviva, em Florença. Lá, além do curso de gastronomia, existem opções aliadas à língua, para que os alunos conheçam a Itália a partir da experiência que preferirem, como arte, história, moda e preparatórios para entrar em universidades do país.

Torre di Babeli

  • Via Cosenza, 7, Roma
  • www.torredibabele.com
  • +39 06 4425.2578
  • Italiano & Cocina. Inclui: curso de 15 aulas, mais três encontros de culinária e um de vinhos; alojamento em casa de família com meia pensão. Duração: sete dias, com início em 12/10. Preço: a partir de 773 euros (cerca de R$ 2.965). Os pacotes podem ser montados e adquiridos no próprio site da escola, em português.

Linguaviva

  • Via Fiume, 17, Florença
  • www.linguaviva.it
  • +39 055 29 43 59
  • Italian + Cooking. Inclui: curso de italiano com culinária (20 aulas por semana), acomodação em casa de família, quarto individual com meia pensão e taxa de matrícula. Duração: duas semanas. Preço: a partir de 1.380 euros (cerca de R$ 5.520). Quem leva: Central de Intercâmbio (CI). Tel: (61) 3033-4903. Endereço: SCLN 211, Bloco B, loja 6.


França

CI - Central de Intercâmbio/Divulgação

Berço da alta gastronomia contemporânea e produtora de vinhos excelentes, a França tem muito mais a oferecer ao turista do que apenas o Museu do Louvre e a Torre Eiffel. Dos exóticos escargots ao popular quiche, a cozinha francesa agrada a diferentes paladares. Uma das escolas de gastronomia mais renomadas — e antigas — do mundo fica em Paris. Fundada em 1895, a Le Cordon Bleu anda muito comentada, depois que passou a oferecer cursos profissionalizantes aos vencedores do reality show MasterChef Brasil.

Há cursos de cozinha básica, de confeitaria e de enologia, por exemplo. Todos eles são voltados para quem planeja trabalhar na área (é possível fazer estágios em restaurantes por meio da escola) e ter um diploma reconhecido mundialmente. Por isso, são longos (duram alguns meses) e, naturalmente, custam mais. Mas, para quem tem tempo e dinheiro disponíveis para um intercâmbio profissional, é difícil encontrar outras opções à altura.

Le Cordon Bleu

  • 8 Rue Léon Delhomme, Paris
  • www.lecordonbleuparis.com
  • +33 1 53 68 22 50
  • Basic Cuisine. Inclui: curso completo de culinária básica. Duração: aproximadamente 11 semanas. Preço: a partir de 10.100 euros (cerca de R$ 40.400). Quem leva: Central de Intercâmbio (CI). Tel: (61) 3033-4903. Endereço: SCLN 211, Bloco B, loja 6.
  • Basic Pâtisserie. Inclui: curso completo de confeitaria básica. Duração: aproximadamente 11 semanas Preço: a partir de 8.100 euros (cerca de R$ 32.400). Quem leva: Central de Intercâmbio (CI). Tel: (61) 3033-4903. Endereço: SCLN 211, Bloco B, loja 6.

 

Espanha

Besanas Tapas/Divulgação

A mistura histórica e arquitetônica de fenícios, romanos, cristãos e muçulmanos deu um  charme especial à região da Andaluzia. Uma das cidades de destaque da província é Málaga, que tem programas para todos os gostos: visita a castelos, catedrais,museus de arte moderna, jardins,passeios nas marinas e as praias do Mediterrâneo estão na programação. E, além disso, você pode aprender a cozinhar os pratos típicos do país.

A famosa paella, os tradicionais tapas e tortillas e o gazpacho podem fazer parte do cardápio e das aulas. No Malaca Instituto, você escolhe por quanto tempo quer aprender e não importa em que nível do espanhol você está. Passeios pelo país e um livro de receitas estão incluídos no pacote.

Malaca Instituto

  • C/ Rodeo, 5, Málaga
  • malacainstituto.com
  • +34 952 293 242
  • Cooking Course. Inclui: 20 aulas de espanhol, mais duas de culinária, por semana; um roteiro gastronômico, incluindo um prato; uma conversação e um filme gastronômico por semana; meio dia de viagem ou passeio; livro de receitas e avental. Não inclui hospedagem. O curso é voltado para todos os níveis de espanhol. Duração: uma semana, podendo estender. Preço: a partir de 368 euros (cerca de R$ 1.486). Quem leva: Intercâmbio Global. Tel: (11) 3149-8199. Endereço: Rua dos três Irmãos, 625, Morumbi, São Paulo (SP).

 

Inglaterra

Bruno Peres/CB/D.A Press 27/06/2014

Embora não seja, normalmente, associada à gastronomia, a terra da rainha Elizabeth tem pratos típicos muito saborosos, como o fish & chips (peixe frito com batata frita — típica comida de rua), o bangers & mash (linguiça com purê de batata), diversas tortas que podem acompanhar o famoso chá das cinco e doce sticky toffee pudding (pudim de tâmaras). Para quem quer aprender a fazer esses e outros pratos da culinária internacional, além de aprender inglês, vale a pena conhecer o curso do British Study Centres.

No curso, as aulas de culinária são realizadas em locais como restaurantes e lojas de produtos gastronômicos. A ideia é ensinar aos inexperientes na cozinha a ter mais confiança e inspirar os alunos que já dominam muitas técnicas a criar pratos. Os trabalhos costumam ser realizados em dupla, para incentivar, claro, a prática do idioma. Aproveite a oportunidade para conhecer o Big Ben, o London Eye, o Palácio de Buckingham e o Museu Madame Tussauds. Se preferir, a escola também tem outras unidades em Oxford, Brighton e Bournemouth.

British Study Centres

  • 2nd Floor, 37 Duke Street, Londres
  • www.british-study.com
  • +44 (0) 207 487 9030
  • General English Plus Cooking. Inclui: 20 aulas de inglês mais três de culinária, de duas horas cada. Não inclui hospedagem. Duração: duas semanas, começando sempre às segundas, em qualquer época do ano. Preço: a partir de 845 libras (cerca de R$ 4.584).
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.