ENOTURISMO

Qualidade e sofisticação na fabricação de vinhos australianos

A Austrália é conhecidas pela excelência no processo de fabricação de bebidas de alta qualidade e por oferecer experiências que vão além da degustação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/09/2015 10:00 / atualizado em 18/09/2015 18:53

Australia/Reprodução

Muito mais do que cangurus engraçados e coalas fofinhos: A Austrália também é lar de alguns dos vinhedos mais antigos do mundo. O país, que possui mais de 2.400 vinícolas, produz cerca de 3 milhões de hectolitros, por ano, e é o sexto no ranking dos maiores produtores. Um australiano bebe cerca de 19 litros por ano. A bebida produzida na região apresenta textura cremosa, sabor concentrado e pode ser encontrada em mercados ao redor do globo.

O território conta com uma variedade surpreendente de uvas. A mais comum nas áreas cultivadas é a Shiraz, espécie tinta de sabor adocicado responsável por safras de qualidade, como o Penfolds Grange e o Jacob’s Creek Shiraz. Uma lenda antiga diz que o vinho bebido por Jesus Cristo e os 12 apóstolos, durante a Santa Ceia, teria sido feito a partir da uva, já que a casta também é encontrada com facilidade em Jerusalém. Entre as variedades brancas, estão a Chardonnay e a Muscat Blanco, utilizadas, respectivamente, na produção do FishEye e do Barefoot.

As vinícolas australianas chamam atenção pela alta tecnologia empregada na plantação e no cultivo das uvas e na produção da bebida fermentada. As fábricas oferecem experiências sensoriais que vão muito além da simples degustação de vinhos. Durante as visitas, turistas têm a oportunidade de degustar pratos típicos, apreciar obras de arte, participar de eventos internos e conhecer o processo de fabricação do produto.

A melhoria constante da qualidade do vinho não é diretamente proporcional ao valor da garrafa. O dólar australiano esbarra na moeda americana e provoca a queda no preço da bebida. Exemplares de safras com produção reduzida, por exemplo, chegam a custar apenas 1 dólar australiano. (com informações de Álef Calado).

Conheça algumas das vinícolas da Austrália:

Frances Andrijich/Divulgação

Leeuwin Estate (Margaret River)

www.leeuwinestate.com.au
Localizada no oeste do país, a Leeuwin Estate produz bebidas conhecidas no mundo inteiro. A vinícola é famosa por seus vinhos brancos de alta qualidade e pelas garrafas Art Series, ilustradas por alguns dos principais artistas da Austrália. Durante o tour, visitantes têm a oportunidade de conhecer as adegas, acompanhar o processo de fabricação e degustar algumas das garrafas. Além de oferecer pratos regionais no Leeuwin Restaurant e de contar com uma galeria repleta de obras de arte, a Leeuwin Estate promove palestras e cursos.

Jacob's Creek/Divulgação

Jacob’s Creek (Barossa Valley)
www.jacobscreek.com/br
Localizada no Vale Barrosa, ao sul da Austrália, região da famosa terra vermelha e conhecida por suas vinícolas de qualidade, a Jacob’s Creek já recebeu o prêmio de melhor atração turística do país. Os vinhos da fábrica estão entre os mais apreciados pela população e lideram o mercado enológico de regiões ao redor do mundo. Ao visitar a vinícola, o turista aprende um pouco sobre o cultivo das vinhas e sobre a fabricação das bebidas fermentadas. Aproveite o Jacob’s Restaurant para provar o melhor da culinária australiana.

Voyager Estate/Divulgação

Voyager Estate (Margaret River)
www.voyagerestate.com.au
A vinícola, que mantém a maior adega subterrânea de barris da Austrália, possui como característica principal a produção de vinhos complexos e encorpados. O tour pela propriedade consiste em um passeio e degustação de exemplares de algumas safras, acompanhados de um guia especializado. A vinícola também possui restaurante, equipado com móveis antigos e louças personalizadas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.