RÉVEILLON

Para começar 2016 no sossego, longe da muvuca que toma conta do país

Fuja para as montanhas ou descanse em praias quase desertas. Confira boas opções pelo Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/10/2015 10:00 / atualizado em 09/10/2015 20:09

Laisa Queiroz /

Muita gente gosta de iniciar o ano em festa. Fogos, DJs e animação até o dia raiar não podem faltar. Mas há quem prefira fugir da muvuca e iniciar o novo ciclo com o máximo de paz possível. Se esse é o seu caso, esqueça o Rio de Janeiro e outras cidades grandes e lotadas de turistas. O interior do país e as cidades litorâneas pequenas são as melhores opções.

 

Ulisses Matandos/Divulgação
 

Bonito (MS)
O local, que não tem esse nome à toa, é ideal para os amantes da natureza. Povoado por grutas, cavernas, cachoeiras e piscinas naturais de água cristalina, Bonito oferece muitas opções de esportes radicais e trilhas. O rapel no Abismo Anhumas e o mergulho no Lago Azul são as principais atrações.

 

Breno Fortes/CB/D.A Press
 

Chapada dos Veadeiros (GO)
Não encontra passagens aéreas baratas para nenhum canto do Brasil? Sem problemas. Queridinha dos brasilienses e dos gringos, a Chapada é sempre uma boa opção. Apesar do risco de chuva nesta época do ano, o que pode prejudicar a visita às cachoeiras, o local é perfeito para quem quer descanso. A dica é se hospedar na Vila de São Jorge, a 30km de Alto Paraíso, em pousadas como a Pôr do Sol, que conta com redes nas varandas dos chalés. Fique, literalmente, de pernas para o alto.

 

Wikimedia/Divulgação

Boipeba (BA)
A Bahia é um estado versátil, com muitas opções para todos os gostos. Um dos destinos mais procurados por lá é a ilha Morro de São Paulo, um paraíso super-badalado. Para quem quer o visual com menos gente e mais sossego, a dica é Boipeba. Cercada pela Mata Atlântica, tem praias paradisíacas, dunas, manguezais e povoados. De Salvador, dá para ir em pequenos aviões ou de barco, passando por Morro de São Paulo.

 

Eduardo Tristão Girão/EM/D.A Press
 

Jalapão (TO)
Se você gosta de tranquilidade acompanhada de aventura, desvendar a região do Tocantins é um prato cheio. Muita gente prefere acampar à beira do Rio Novo. Algumas das atividades por lá (além de curtir a praia de água doce e as dunas) são canoagem, boia-cross e rafting. Belas cachoeiras também fazem parte do roteiro.
 

Laísa Queiroz/CB /DAPress

Ilha do Cardoso (SP)

Quase na divisa com o Paraná, fica essa ilha pouco povoada, destinada a quem quer se desligar do mudo: não tem internet nem sinal no celular, e para se comunicar com o mundo exterior, é necessário usar o telefone público. De um lado, a praia deserta; do outro, um rio que recebe todos os dias um maravilhoso pôr do sol. Lá dentro, em meio à região de Mata Atlântica preservada, uma cachoeira para completar. O barco que leva à ilha sai da cidade de Cananeia.

 

Laísa Queiroz/CB /DAPress
 

Cambará do Sul (RS)
Com pouco mais de 6 mil habitantes, Cambará é um refúgio na serra que fica quase na divisa com Santa Catarina. Para os amantes da natureza, um prato cheio. Conheça os belíssimos cânions Fortaleza e Itaimbezinho, a Cachoeira dos Venâncios e a fazenda que produz as geleias Sabores da Querência. Se você prefere um ambiente com luxo e conforto, a região ainda oferece excelentes hotéis, como o Parador Casa da Montanha.


Rogério Maranhão/Divulgação

Barra de São Miguel (AL)
A apenas 30km de Maceió fica esse paraíso tranquilo — que enche de turistas apenas no carnaval. Lá, você encontra areia branca, água cristalina e barreiras de corais. Aos apaixonados por mergulho, a recomendação é a Praia do Meio. Nas margens do Rio Niquim, há manguezais que também valem a visita.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.