Baía de Banderas

Porto Vallarta e Riviera Nayarit trazem novos olhares sobre o México

Que tal sair do lugar-comum e se enveredar por outros roteiros além de Cancún e Riviera Maia? Os dois locais unem luxuosos resorts a atrações culturais e históricas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/11/2015 16:57 / atualizado em 05/11/2015 16:57

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press

Brasileiro é a quinto estrangeiro que mais visita o México, ficando atrás apenas de norte-americanos, canadenses, ingleses e colombianos. Todos os anos, pouco mais de 300 mil pessoas saem do Brasil em direção a esse destino turístico. Somente três roteiros em um país tão rico em cultura concentram quase 100% desse fluxo de turistas: Cidade do México, Cancún e Riviera Maia. A ligação entre os dois países vem de longa data. Foi lá, em 1970, que a Seleção Brasileira de Futebol se sagrou primeira tricampeã da Copa do Mundo e ganhou o direito de ficar, teoricamente, em definitivo com a Taça Jules Rimet (aquela que foi roubada em 1983 e nunca mais apareceu). E quem nunca viu um trecho sequer de Chaves ou de novela mexicana na televisão?

Para conhecer ainda mais desse país tão próximo ao Brasil, é interessante sair do lugar-comum, mesmo que a vontade seja ficar de barriga para cima à beira da piscina em um resort. Dois dos destinos turísticos mais tradicionais do México e pouco conhecidos aqui são ótimas opções. Porto Vallarta e Riviera Nayarit são a perfeita junção entre os grandes e luxuosos resorts com atrações culturais e históricas. Do lado mexicano voltado para o Oceano Pacífico, o primeiro é uma cidade praiana do estado de Jalisco; já o outro é um corredor turístico com resorts e pequenas cidades na costa do estado de Nayarit. “Queremos acabar com alguns mitos. Muitas vezes pensam que o mar do Pacífico é frio, com água escura e forte correnteza. Mas isso não chega nem perto de nossa realidade. Temos praias lindas, a água é bonita, tranquila. É isso que queremos mostrar para os brasileiros”, assegura o diretor de Promoção e relações públicas do Fideicomiso de Turismo de Porto Vallarta, Luis Villaseñor.

Os dois destinos ficam na Baía de Banderas, com rica fauna marinha. Uma das atrações imperdíveis da região é o Parque Nacional Ilhas Marietas, santuário ecológico formado por três arquipélagos. Ambiente perfeito para a prática do snorkel, uma das praias fica dentro de uma cratera. Porto Vallarta une dois cenários normalmente considerados opostos: praia e montanha. As atrações se completam com a grande variedade de hotéis de alto nível e diversos programas para toda a família. A cidade conta com extensa programação cultural, mais de 300 restaurantes e centro histórico.

É possível fazer passeios para observar a fauna marinha. Nos meses de novembro a abril, várias espécies, como a baleia-jubarte, chegam às águas do Pacífico mexicano para dar à luz seus filhotes. São mais de 40 quilômetros de extensão de praias, muitas inexploradas e acessíveis somente por via marítima. Tirolesa, bungee jump, passeio a cavalo e trilhas são opções para quem quer conhecer as montanhas da região. Além da natureza, é possível conhecer de perto a cultura mexicana. Um dos passeios mais interessantes é a visita à comunidade indígena de San Andrés Coamihata, dos índios Wixárika, mais conhecidos como Huichol. A crença é de que os Wixárika são descendentes diretos dos astecas e, provavelmente, formam o último grupo indígena na América do Norte a viver de acordo com as antigas tradições pré-colombianas, uma façanha que conquistaram graças à vida reclusa nas montanhas.

A capital do estado de Jalisco é a histórica Guadalajara, cerca de 300 quilômetros de distância de Porto Vallarta. Também é possível ir conhecer a produção do destilado típico do país, a tequila, pois você estará no estado que é o principal produtor da bebida. “Porto Vallarta, quando você visita, tem a essência do México. É uma cidade de 350 mil habitantes, mas no Centro é como se estivesse em um pueblo mexicano. Temos o calçadão, a Igreja de Guadalupe. Lá você vê as pessoas, as tortilhas, crianças indo à escola. Você vive o México”, completa Villaseñor. A cidade também de orgulha de ser um dos destinos gay friendly mais populares do mundo. Na chamada Zona Romântica, estabelecimentos focados na comunidade gay, como restaurantes, hotéis, beach clubs, spas, lojas de roupas e galerias de arte, se unem à agitada vida noturna.


"Porto Vallarta é uma cidade de 350 mil habitantes, mas, no Centro, é como se estivesse em um pueblo mexicano”
Luis Villaseñor, diretor de Promoção e relações públicas do Fideicomiso de Turismo de Porto Vallarta

 

 

Nayarit 

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press -  10/1/14

A costa do estado de Nayarit é um dos destinos prediletos de celebridades, como Lady Gaga e Justin Bieber. São 307 quilômetros de belas praias com temperatura constante de 25°C o ano todo. Grandes redes hoteleiras investiram na região, que conta com resorts de alto luxo e qualidade de serviços.

Punta de Mita é um dos destaques de Riviera Nayarit. Desenvolvida para o turismo, a península situada ao norte da Baía de Banderas é conhecida por seus 10 quilômetros de praias, áreas verdes preservadas, resorts e campos de golfe. Para os surfistas, Sayulita, a meia hora de Punta de Mita, é uma localidade tranquila, hospitaleira e com ondas famosas entre os profissionais das pranchas.
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press -  10/1/14

O centro da cidade também é bem charmoso. “Riviera Nayarit é um corredor turístico. Temos vários ótimos hotéis, mas também pequenos povoados de pescadores ricos em cultura. É a região que concentra o maior número de norte-americanos vivendo em outro país”, conclui Villaseñor.

 

Paixão avassaladora

AFP/23/3/11

A natureza exuberante de Porto Vallarta inspirou dois astros de cinema a viverem um dos maiores escândalos entre celebridades da década de 1960. Elizabeth Taylor conheceu Richard Burton, seu futuro quinto marido, durante as gravações do filme Cleópatra. Os dois se apaixonaram e ela não fez questão nenhuma de esconder o romance de seu quarto e, à época, marido, o cantor e ator Eddie Fischer. Burton também era comprometido com a atriz Sybill Willians. Apaixonados, os dois tiveram casa em Porto Vallarta e lançaram o nome da pequena vila ao mundo. Hoje, é o local com a maior população de norte-americanos fora dos Estados Unidos.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.