Cidade pulsante: conheça seis passeios imperdíveis em São Paulo

A capital paulista não dorme. Durante o dia, muito trabalho e, à noite, muita diversão, a cidade respira cultura

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/12/2015 09:00 / atualizado em 16/12/2015 18:26

Márcia Delgado

 

José Cordeiro/Divulgação
 

São Paulo é uma cidade que respira cultura e tem vida noturna intensa. São milhares de bares, restaurantes, boates e teatros espalhados pela imensidão da maior cidade do país e da América Latina. E os turistas não têm do que se queixar, pois são muito bem recebidos na capital paulista.

É o que comprova uma pesquisa do Ministério do Turismo. A cidade de São Paulo está no topo do ranking dos destinos mais competitivos do país. De acordo com os resultados do Índice de Competitividade do Turismo Nacional 2015, a capital obteve a maior nota entre os 65 municípios avaliados em 13 indicadores de desempenho da atividade turística.

O estudo considerou a oferta de opções de lazer e entretenimento, e de equipamentos de hospedagem e alimentação. A qualidade no atendimento, com destaque para o setor de bares e restaurantes, também influenciou a nota. Ficou com vontade de conhecer a cidade? O Turismo listou seis programas para você não ficar de fora do melhor de São Paulo.

Mercado Municipal

Gustavo Moreno/CB/D.A Press - 29/10/14

É o paraíso para quem busca novos sabores. No galpão de 12 mil metros quadrados, o visitante encontra diversos ingredientes finos e raros, ao lado de presuntos, queijos variados, lagostas, sorvetes etc. Mas quem vai ao mercado não pode deixar de comer o famoso sanduíche de mortadela e o pastel de bacalhau. Não deixe de apreciar essas delícias. O mercado fica na Rua da Cantareira, 306, próximo à Rua 25 de Março e ao Parque Dom Pedro II.

Torre do Banespa

Gilberto Travesso/Esp. CB/D.A Press

O prédio apelidado de Banespão é um dos símbolos mais famosos de São Paulo. Do alto de seus mais de 160 metros e 35 andares, é possível avistar a região central e as zonas Norte e Leste da capital, inclusive as torres da Avenida Paulista. A visita é gratuita. O espigão foi erguido próximo a áreas conhecidas, como a Praça da Sé e a Rua 25 de Março. É inspirado no Empire State Building, um dos arranha-céus mais altos de Nova York.

Masp

Thiago Henrique/Flickr

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand existe há 48 anos. Lá está a coleção de obras mais importante do Hemisfério Sul. Alguns itens do acervo nacional e estrangeiro datam dos séculos 19 e 20. Alguns exemplos são: A Ressurreição de Cristo, de Rafael Sanzio; Virgem com o Menino e São João Batista Criança, de Sandro Botticceli — exemplares renascentistas. Localizado na Avenida Paulista, o Masp é um passeio imperdível.

Parque do Ipirapuera

Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas - 21/1/15

O parque é um ícone na cidade de São Paulo.  Ibirapuera significa “árvore apodrecida”, em tupi-guarani, e vem de uma aldeia indígena que ocupava a região quando a área era alagadiça, com  solo de várzea. Quem for ao local encontrará pista de cooper, parque infantil, lanchonetes, ciclofaixa, bicicletário com aluguel de bicicleta, fonte multimídia, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica e a Praça Burle Marx. E muito verde.

Avenida Paulista

Flávio Sartori/Flickr

A mais badalada avenida da cidade reúne tudo de melhor de São Paulo. Instalada no coração de Samp concentra museus, centros culturais, arranhas-céus, bancos, hospitais, livrarias, bares, casas noturnas e até um parque — o Trianon. Há também espaço para caminhada na charmosa avenida. À noite, a Rua Augusta — entre a Avenida Paulista e a Alameda Santos — vira o point do entretenimento.

Rua 25 de Março

Street Caballero/Flickr

Se quiser fazer umas comprinhas a preços bem populares, uma das principais dicas é a Rua 25 de Março. Ela é considerada o mais importante centro de compras de São Paulo. Fica próxima à estação São Bento do metrô e reúne lojas e galerias que oferecem desde brinquedos e artigos de decoração até algumas peças de roupa, itens de papelaria e eletrônicos. Ao todo, são mais de 3 mil estabelecimentos instalados na 25 de Março.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.