Letras que traduzem amor: conheça placas turísticas no Brasil e no exterior

Os letreiros se tornaram tão importantes quanto os monumentos de uma cidade, por reforçarem a identidade entre moradores, turistas e o lugar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/12/2015 09:00 / atualizado em 23/12/2015 19:51

Rafaella Panceri , Especial para o Correio

 

Tvcinema/Reprodução
 

Seja nos filmes, seja nas fotografias de quem já visitou a Califórnia, nos Estados Unidos, é impossível não se admirar com o letreiro da cidade de Hollywood. Em inglês, o monumento é conhecido como “Hollywood sign” e existe no mesmo lugar desde 1923. Ao longo dos anos, as nove letras brancas deixaram de ser peça de marketing para se tornar um dos maiores símbolos da indústria cinematográfica, do glamour e do sucesso.


Localizado no lado sul do Monte Lee, no Parque Griffith, ao norte da Mulholland Highway, o ponto turístico fica em um terreno íngreme e é protegido por grades para evitar o acesso de pessoas não autorizadas. No Brasil e em outros lugares do mundo, como Cancún e Amsterdã, os símbolos foram instalados nos últimos anos com uma proposta diferente. Em praças e ruas com grande circulação de pessoas, as letras gigantes convidam turistas a tirar fotos, tocar e até mesmo escalar as enormes letras.

 

Para entender a magia dos letreiros e saber por que eles atraem tantos olhares, câmeras fotográficas e corações, basta voltar no tempo até 1923, ano de inauguração do símbolo em Hollywood. O motivo original da construção não foi tornar a cidade famosa. Tudo foi ocasionado por um empreendimento imobiliário. A proposta era deixar as letras posicionadas ali durante um ano e meio para incentivar a compra de terrenos próximos. Por isso, a primeira aparição das letras continha, além do nome da cidade, o complemento “land”, que significa terra, formando a palavra Hollywoodland.

 

AP Photo/Courtesy of the Bruce Torrence Hollywood Photograph Collection
 

A ação de publicidade caiu na graça dos moradores e foi parar nas telas de cinema do mundo, acompanhando a ascensão do cinema americano. A prefeitura local optou, portanto, por manter o monumento no local. As letras “land” foram removidas em 1949 e o restante delas sofreu com a falta de reformas por décadas. A restauração do letreiro foi feita graças à iniciativa popular, em 1970. Várias pessoas, entre atores, cantores e empresários, doaram o equivalente a 250 mil dólares para revitalizar o ícone.


Inspiradas em Hollywood ou não, muitas cidades ostentam as enormes letras em locais de destaque. Confira as selecionadas pelo Turismo e aproveite para colocá-las em seu próximo roteiro de viagens.

 

Porto de Galinhas

Danilo Luiz/Prefeitura do Ipojuca

Além de piscinas naturais, passeios de jangada e bancos de corais, o destino turístico pernambucano também tem um letreiro para chamar de seu desde novembro deste ano. Localizado no município de Ipojuca, o monumento tem 3m de altura por 5m de comprimento e pesa cerca de 1,5 toneladas. Nas cores vermelho, amarelo, verde e azul, foi produzido em MDF naval e revestido com fibra de vidro, material resistente aos efeitos de sol, chuva e maresia. À noite, o letreiro ganha iluminação especial com refletores em LED.

 

Aruba

Melinda Morales/Facebook

O monumento “Eu amo Aruba” está presente em Downtown Oranjestad e em Senor Frogs e é mais um atrativo para os apaixonados por sol e mar que visitam a ilha durante todo o ano. A declaração de amor é mais que adequada às características locais. Ao sul do caribe, a ilha tem sua cultura influenciada por povos de diversas nacionalidades, é dona de praias paradisíacas e famosas pelo mundo, excelente estrutura hoteleira, condições favoráveis para prática de esportes náuticos, opções de compras e de programação noturna.

 

Brasília

Ed Alves/CB/D.A Press
 

Seja na Torre de TV, seja no Zoológico ou na Ermida Dom Bosco, os moradores e turistas que passam por Brasília podem declarar seu amor pela capital federal desde o ano passado. O primeiro dos letreiros foi instalado em frente à fonte luminosa da Torre de TV, durante a Copa do Mundo, e já se consagrou como ponto turístico obrigatório em passeios pela cidade. As letras têm 2,80 metros de altura e 23,4 metros de comprimento.

 

Recife

Henrique Barbosa/Reprodução

Com cerca de 2m de altura, o nome da cidade foi retirado da praça do Marco Zero em julho, para reformas, mas foi posicionado novamente no local um mês depois. A obra é permanente e tem o objetivo de reforçar a interação entre cidadãos, visitantes e a cidade. O mais novo cartão-postal de Recife é feito de tubos de metalon cobertos de substrato naval. O acabamento da obra foi feito com pintura de carro e verniz com proteção UV. Todas as noites, o letreiro recebe uma iluminação especial com LED RGB.

 

Maceió

Prefeitura de Maceió/Reprodução

O letreiro “Eu amo Maceió” foi inaugurado pela primeira vez em 2014, na orla da Ponta Verde, feito de metal. Em outubro deste ano, foi substituído por outro, produzido com material mais robusto (concreto). O objeto artístico é uma ação da prefeitura para reforçar a identidade dos moradores com a cidade. A reforma também se deve aos 200 anos da capital alagoana, celebrados em dezembro. Um mirante no distrito de Ipioca, a 20km do centro, também ganhou as letras coloridas.

 

Salvador

Turismo em Foco/Reprodução

Feito com placas de aço, o letreiro é inspirado em Amsterdã e Nova York. Em datas comemorativas, fica de cara nova. Em agosto de 2014, foi decorado em homenagem ao escritor João Ubaldo Ribeiro. Em fevereiro de 2015, ganhou desenhos alusivos aos 30 anos da axé music. Com 16m de comprimento e 2m de altura, o letreiro tem várias versões espalhadas por Salvador —  já passou pelo Dique do Tororó, Praça Municipal, Farol da Barra e ficou de frente para a Baía de todos os santos no réveillon.

Cancún

Natalia Style/Reprodução

O letreiro da ilha mexicana fica na famosa Playa Delfines, conhecida por ser a mais bela de Cancún e também chamada de “El Mirador”, por oferecer uma bela vista do lugar. Com longos trechos de areia, água azul-turquesa e muitas ondas, passarinhos por todos os lados, o visual é perfeito para fotografar. Cancún vai além das praias e também agrada os amantes de história, com a cidade arqueológica de Chichén Itzá, passeios de balão e paraquedismo. A vida noturna da ilha é uma das mais famosas do mundo.

 

Amsterdã

This is not advertising/Reprodução

O slogan “I Amsterdam” faz um trocadilho em inglês e sugere a frase “Eu sou Amsterdã”. Localizado na parte externa do Rijksmuseum, já virou ícone da cidade. É comum ver gente em cima das letras enquanto tiram fotos. Com mais de 2m de altura por 23,5m de largura, o objeto tem uma segunda versão no Aeroporto de Schiphol e outra, itinerante, que aparece em grandes eventos. Se ainda não estiver satisfeito, vá até o Amsterdam Museum e complete seu álbum com uma foto de outra versão do “I Amsterdam” em escala reduzida.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.