NOVOS DESTINOS

Vou pra Porto Alegre, tchau! Nove passeios imperdíveis na capital gaúcha

Atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, a capital gaúcha é a terceira cidade brasileira com a melhor infraestrutura para receber turistas. Interessou-se? Então se apresse e conheça uma cidade com boa gastronomia, cultura em alta e muito charme

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/01/2016 10:10 / atualizado em 30/12/2015 17:26

Ministério do Turismo/Divulgação

Famosa e poetizada pelos versos da dupla Kleiton e Kledir, a capital mais meridional do Brasil é ponto de passagem para milhares de turistas que lotam a serra gaúcha o ano todo. Mas poucos reservam alguns dias para conhecê-la ou mesmo a escolhem como destino para as férias ou um feriado prolongado.

 

Porém, quem opta por Porto Alegre para passear ou vai à cidade para algum outro motivo é muito bem recebido. De acordo com o Ministério do Turismo, a capital gaúcha é a terceira cidade brasileira com maior índice de competitividade, por contar com boa infraestrutura para seus visitantes — perde apenas para São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Ficou com vontade? Então, prepare-se para encontrar boa gastronomia, recantos charmosos, bares descolados, vistas esplêndidas e muitas áreas verdes. E o melhor de tudo: o ano inteiro. Apesar de ser conhecida por seu rigoroso inverno, Porto Alegre registra 40ºC à sombra no verão.

 

Na primavera e no outono pode fazer frio ou muito calor, já que POA — como é chamada por seus moradores — é rota de frentes frias e massas de ar polar. Mas as atrações superam as variações climáticas. Certo mesmo é que o amor pela capital dos gaúchos vai durar muito mais do que uma estação.

 

» O que fazer

 

A rua mais bonita do mundo

Amigos da Rua Gonçalo de Carvalho/Flickr

Porto Alegre abriga “a rua mais bonita do mundo”. Pelo menos é assim que a Gonçalo de Carvalho, no Bairro Independência, é conhecida. Mais de 100 árvores, algumas com cerca de 20 metros, formam um túnel verde sobre casas e prédios. O título veio justamente em função da luta pela preservação desta área verde.

 

Em 2005, moradores e admiradores lideraram uma batalha para impedir a construção de um estacionamento cujo projeto previa a remoção de árvores e a colocação de asfalto no lugar dos paralelepípedos. A construtora acabou desistindo da ideia, e a Rua Gonçalo de Carvalho tornou-se famosa mundialmente na internet. Entre um post e outro, o blog português A sombra verde decretou: essa é a rua mais bonita do mundo. Desde 2006, é Patrimônio Histórico, Cultural, Ecológico e Ambiental de Porto Alegre. Quer saber mais? Visite o blog goncalodecarvalho.blogspot.com.br.

 

Bairro Moinhos de Vento

Pertinho da Rua Gonçalo de Carvalho está o mais famoso e charmoso bairro de Porto Alegre. O Moinhos de Vento reúne um pouco de tudo aquilo que a capital gaúcha tem de melhor. São cafés, bares e restaurantes renomados e sofisticados, vida noturna agitada e um dos mais bonitos parques da cidade — que leva o mesmo nome do bairro, mas é conhecido como Parcão.

 

A melhor dica é percorrer a pé as ruas Padre Chagas e Dinarte Ribeiro para escolher seu lugar preferido. Enquanto a primeira tem um extenso cardápio de cafés e bares, a segunda abriga alguns dos melhores restaurantes da cidade. Seja durante o dia ou à noite, é o local mais badalado e com gente bonita por metro quadrado da capital gaúcha.

 

Gastronomia

Luís Pacheco/Flickr

O Rio Grande do Sul e Porto Alegre são, respectivamente, o estado e a capital com o maior índice de sobrepeso do país. Se a notícia é ruim, também indica um atrativo – talvez o mais marcante deles. Não há dieta que sobreviva por lá. Aliás, vá preparado para ganhar uns quilinhos e exima-se de qualquer culpa. São os melhores churrascos do Brasil. E eles vêm acompanhados de polenta frita, pães com alho e quantos outros petiscos deliciosamente calóricos você imaginar. Não se faça de rogado e aproveite!

Gre-Nal

Dois dos mais tradicionais times do Brasil são de Porto Alegre. Internacional e Grêmio dividem o coração dos gaúchos, e a rivalidade é levada a sério. Tanto que, quando o Beira-Rio foi escolhido para sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014 na cidade, os tricolores não quiseram ficar para trás e começaram a construir um novo e moderníssimo estádio.

 

A Arena do Grêmio, que substituiu o Estádio Olímpico, é uma imponente construção na zona norte de Porto Alegre, bem perto do Aeroporto Salgado Filho. Embora tenha ficado pronta antes, a casa gremista não desbancou o Beira-Rio, que foi completamente reformado para receber as partidas da maior competição do futebol mundial. E o estádio colorado tem mais um motivo para ser um dos principais pontos turísticos da capital gaúcha. Como diz o nome, ele fica às margens do Rio Guaíba. Vale a visita.

 

Zona sul

A zona sul de Porto Alegre é linda e privilegia o Rio Guaíba (ou lago, há controvérsias). Esta parte da cidade cresceu e se desenvolveu muito nos últimos anos, mas preserva um clima mais tranquilo, de cidade do interior. Por lá também há padarias, confeitarias e restaurantes charmosos e deliciosos. Um passeio pela orla de Ipanema é uma boa pedida, especialmente em um fim de tarde para apreciar o deslumbrante pôr do sol da capital gaúcha.

 

Espaços culturais

Eduardo Zárate/Flickr

Porto Alegre respira cultura. Uma cidade obrigatória para quem gosta de arte e história. Um roteiro imperdível inclui a Usina do Gasômetro, a Casa de Cultura Mario Quintana, o Museu de Artes do Rio Grande do Sul, o Museu Iberê Camargo e o Theatro São Pedro. Este último, aliás, é considerado por muitos atores o teatro mais bonito do Brasil. Ele fica na Praça da Matriz, bem no centro da cidade, junto a prédios históricos como o Palácio Piratini, sede do governo gaúcho, a Catedral Metropolitana e o Palácio da Justiça. O centro também é palco da tradicional Feira do Livro de Porto Alegre, que acontece nos meses de outubro e novembro.

Cidade Baixa

Nathália Schneider/Flickr

Ao lado do centro de POA está o bairro Cidade Baixa, onde bares e casas noturnas multiplicam-se. É uma proposta mais informal e despojada do que a noite do Bairro Moinhos de Vento, mas tão valorizada quanto. Lá os porto-alegrenses se encontram para um happy hour ou uma festa eclética e descolada. As ruas Lima e Silva, João Alfredo e José do Patrocínio concentram as melhores opções.

 

Guaíba

Anderson Vaz/Flickr

Reserve um dia de sol para ir a Guaíba, na região metropolitana de Porto Alegre. A travessia de catamarã foi retomada recentemente, depois de 50 anos. São mais de 40 viagens diárias, e o passeio dura em torno de 20 minutos. É um roteiro novo e que tem surpreendido os gaúchos. Além de oferecer uma das melhores vistas de Porto Alegre e do Rio Guaíba, a cidade se preparou para receber os turistas e tem excelentes opções de restaurantes e passeios por pontos históricos. As informações estão no site www.travessiapoaguaiba.com.br.

 

Parques e praças

Porto Alegre é uma das cidades com mais áreas verdes do Brasil. Segundo a prefeitura, são 616 praças urbanizadas e nove parques urbanos. Nos fins de semana de sol, eles ficam lotados de porto-alegrenses que querem passear ou simplesmente tomar um chimarrão sossegados.

 

Os principais parques são o Farroupilha (conhecido como Redenção), o Moinhos de Vento (chamado de Parcão), o Marinha do Brasil e o Maurício Sirotsky Sobrinho, ou Harmonia. Este último é cenário do Acampamento Farroupilha, nos meses de setembro, em função das comemorações da Revolução Farroupilha.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.