Dentro do transatlântico: conheça os bastidores de um navio de cruzeiro

No interior do MSC Splendida, tecnologia e uma grande estrutura que garantem o sucesso de cada viagem, com serviços, equipamentos e tratamento para a água e resíduos. O navio funciona como uma cidade, onde a chave é a organização

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/01/2016 10:00 / atualizado em 25/01/2016 10:38

MSC/Divulgação

Por fora, um grande hotel que se move sobre as águas, no interior, um mundo de serviços e práticas que devem ser seguidas com rigor. Quem nunca se perguntou como funciona um navio? O que é feito com a água usada, restos de comida e todo o lixo produzido durante um percurso? E no caso de alguém se acidentar, a embarcação precisa voltar ao porto para que o hóspede receba o atendimento necessário? O Turismo foi ao Porto de Santos, em São Paulo, para conhecer, de perto e por dentro, o funcionamento do MSC Splendida, um dos navios mais luxuosos e confortáveis da empresa especializada em cruzeiros.

Os números impressionam. São mais de 300 metros de comprimento, quase 70 metros de altura e 40 metros de largura. Com 6 anos de idade, o Splendida é um gigante que singra os mares, cheio de vida e com uma rotina rígida, que é a garantia de que a viagem será feita sem problemas. Mas, caso eles ocorram, há uma estrutura grande o suficiente para tentar saná-los o mais rapidamente possível. Com 1.637 camarotes (incluindo 43 para passageiros com mobilidade reduzida), 18 decks (andares), sendo 14 para os passageiros, os acidentes são os desafios previsíveis de vencer.

Para prestar o socorro imediato, o navio — como a grande maioria desse porte — está equipado com desfibriladores, máquinas de raio X, aparelho de eletrocardiograma, monitor de pressão e salas de atendimento e triagem. Localizada no centro da embarcação, a unidade de saúde conta com dois médicos e três enfermeiros, remédios, vacinas para todos os tipos de doenças, kits de emergência e equipamentos portáteis — caso seja necessário o deslocamento da equipe para outras partes da embarcação. A unidade está preparada para atender desde um caso de mal súbito até procedimentos como pequenas cirurgias e suturas.

Quando há necessidade, os médicos podem solicitar barcos a motor e helicópteros para a remoção de hóspedes e tripulantes que tenham sofrido algum tipo de intercorrência mais grave. E se houver um caso de morte, embora seja um tipo de ocorrência rara, o navio possui um frigorífico para conservação de corpos. No Splendida, nunca foi utilizado.

Preservação
Tomar banho e fazer as refeições são atividades rotineiras que exigem uma grande estrutura para o bom funcionamento dentro de um navio. O passageiro sequer se dá conta de que existem vários compartimentos específicos para cada tipo de lixo. O material é separado, armazenado e processado em uma máquina especial, que é ligada quando a embarcação está a 19 quilômetros da costa. Durante paradas em algumas cidades, o lixo é recolhido por uma empresa especializada, responsável pelo descarte adequado. A água utilizada a bordo também recebe cuidados especiais. Antes de ser lançada no mar, recebe tratamento e se torna biodegradável.

O controle é rigoroso e, por isso, o Splendida recebeu o Eco Ship, o selo que comprova a atividade ecologicamente correta na economia de energia e tratamento de resíduos. É comum encontrar lixeiras de reciclagem ao longo de toda a embarcação, por exemplo.

Rotina de luxo e números gigantes
Tão grande quanto o tamanho da embarcação é o apetite dos viajantes. Com capacidade para transportar cerca de 4,5 mil pessoas — entre tripulantes e passageiros —, cada cruzeiro consome entre 6 e 7 mil litros de leite, 8 toneladas de farinha e cerca de 3 mil quilos de açúcar. São preparadas 10 toneladas de carne e peixe, que são degustadas nos diversos restaurantes, bares, refeitórios (dos tripulantes) e cabines. O cuidado no preparo dos pratos também reflete a política de preservação do meio ambiente.

 

MSC/Divulgação


Mas o que chama a atenção no Splendida é o luxo. Segundo o comandante Giuliano Bossi, “dos quatro navios da companhia, este é o mais lindo”. O serviço oferecido é o mesmo de um hotel 5 estrelas, com decoração que mescla o estilo clássico com um toque futurístico característico dos designers italianos. Para quem deseja exclusividade, há um espaço com 71 suítes e mordomo disponível nas 24 horas do dia.

Apesar da grandiosidade dos números, o item segurança é a prioridade número 1. As grandes embarcações têm como rotina treinamentos semanais, além de palestras específicas para cada tipo de ocorrência grave. Nas cabines é possível encontrar coletes salva-vidas suficientes para o número de ocupantes do quarto. Nos decks, estão os botes, com capacidade para 150 passageiros cada.

Roteiros
O transatlântico navega por destinos nacionais e internacionais. Neste ano deve aportar em cidades como Búzios, Salvador, Ilhéus, Ilha Grande, Rio de Janeiro e Santos e visitar países da Europa, como Portugal, Reino Unido, Noruega e Alemanha. As vendas para a temporada 2016 começaram. Os pacotes podem ser comprados em agências de viagens e parcelados em até 10 vezes sem juros. Mais informações em www.msccruzeiros.com.br.

Diversão interna
A diversão não é exclusividade dos passageiros. A embarcação também conta com programações e opções de lazer para a tripulação nos horários de descanso. Durante o tempo de vigência do contrato, que dura de seis a sete meses, os quase 1.300 tripulantes de 35 nacionalidades diferentes responsáveis pelo funcionamento do navio podem desfrutar de dois bares, uma área de recreação equipada com TV a cabo, computadores, karaokê, jogos de mesas, biblioteca interativa, piscina reservada e academia aberta 24 horas por dia.

Prazeres em alto-mar
Durante o cruzeiro, uma atração diferente a cada dia faz parte da programação de diversão dos hóspedes. Espetáculos de balé, números montados especialmente para o cruzeiro por artistas e bailarinos do Cirque du Soleil, festas e apresentações temáticas comandadas por DJ’s e cantores nacionais e internacionais — como a noite de gala, shows de rock antigo e dança flamenca — são apenas algumas das exibições que prometem agitar as noites do Splendida durante a temporada 2016.

 

MSC/Divulgação

 

A estrutura do navio foi pensada para o entretenimento. Além das piscinas e dos lounges temáticos, cada um com o seu próprio bar, há áreas de recreação infantil, cineminha 4D, sala de jogos, cassino, boate, minigaleria de arte e um teatro com espaço para receber até 1.700 pessoas. Para os esportistas e aqueles que não querem se descuidar da saúde, além da academia de ginástica, professores oferecem aulas de dança e yoga.

A comida servida também é um show. Mais de 100 tripulantes têm a responsabilidade de abastecer as nove cozinhas com pratos italianos e algumas adaptações de refeições brasileiras com um toque europeu. Opções para dietas restritivas sem glúten e iguarias vegetarianas também fazem parte do menu do cruzeiro. E as sobremesas fecham cada banquete com diversas iguarias cujo objetivo é adoçar ainda mais a vida dos viajantes.

 

MSC/Divulgação
 

 

Exclusividade
O alto-mar pode ser um refúgio para quem não quer badalação, exige privacidade e tem condições de pagar pela exclusividade, o Splendida dedicou uma área especial, na proa da embarcação, onde oferece o máximo em luxo e mordomia. O Yatch Club, fica em um deck privativo e é uma das instalações mais caras do navio. As instalações têm mais espaço, o acesso é diferenciado, o hóspede tem prioridade no uso do elevador, no atendimento na recepção, na piscina, bares e restaurantes especiais, além de serviço de mordomo. Tratamento totalmente VIP.

Além de todos os privilégios, o clube oferece ainda mais mordomia: embarque e desembarque preferencial, auxílio na hora de fazer e desfazer as malas, excursões terrestres personalizadas com guia turístico e chofer e sistema all inclusive — disponível tanto para o consumo nos bares, quanto na cabine e nos restaurantes.

A exclusividade também pode ser aproveitada por casais em lua de mel, ou para os que viajam sem filhos e desejam curtir momentos apaixonados. O TOP 18 é um deck proibido para menores, com vista panorâmica para o mar, spa, piscinas e bares ainda mais particulares.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.