Publicidade

Estado de Minas TORONTO

Quatro lugares imperdíveis para visitar na capital da Província de Ontário

Diversas alternativas de trabalho, diversão, estilo de vida e serviços formam a principal característica do lugar e de seus habitantes. Há opções para todos


postado em 01/02/2016 16:30 / atualizado em 01/02/2016 17:00

(foto: Turismo Canada/Divulgação)
(foto: Turismo Canada/Divulgação)

Toronto é uma cidade fascinante. E muitas características contribuem para isso. A capital da Província de Ontário tem vida cultural intensa, diversas atrações e programas para todos os gostos. Mas é uma cidade grande e vertical, com predominância de aço e concreto, apesar de a arquitetura mesclar modernidade com prédios da era vitoriana. De qualquer forma, visitar a costa leste do Canadá sem conhecer o local seria um pecado.

 

Andar pelas ruas da antiga York, fundada em 1834, é a maneira mais legal de conhecer a cidade, que está localizada às margens do Lago Ontário. É relativamente nova, já que nasceu no século 18, quando a coroa Britânica comprou aquelas terras, então pertencentes ao Mississauga (indígenas originalmente habitantes da região). Atualmente, é a capital comercial do Canadá e, assim sendo, sede de diversas empresas e bancos mundiais. Com seus prédios imponentes, é moderna, cheia de centros empresariais e repleta de gente do mundo inteiro apressada para fechar grandes negócios.

 

Mas Toronto é diversão também. A parte mais movimentada do Centro fica na região da King Street, Queen Street, Spadina Avenue e Yonge Street. É importante percorrer a região a pé. Afinal, lá podem ser encontradas boas opções de restaurantes, lojas e diversos hotéis.

 

Dundas Square
Os principais pontos turísticos de Toronto, no entanto, ficam no Centro da cidade. No coração dela está localizado a Younge-Dundas Square — a Times Square de Toronto. A praça, localizada no cruzamento entre a Dundas St e a Yonge St — a maior rua do mundo —, é cercada por grandes letreiros de propaganda e espaço para muitos eventos culturais.

 

(foto: EdgeWalk/Divulgação)
(foto: EdgeWalk/Divulgação)

Edge walk
Durante o percurso, é possível ver a CN Tower de diversos ângulos. A torre de comunicação é a terceira mais alta do mundo e um dos pontos turísticos mais importantes do país. Tem vista panorâmica deslumbrante durante o dia e à noite, que pode ser vislumbrada durante um jantar e um almoço no restaurante localizado no último andar. O restaurante, inclusive, faz um giro de 360 graus, possibilitando a vista de todos os lados da cidade. Para quem gosta de aventura, é possível também andar sobre uma plataforma de vidro ou fazer a edge walk, uma caminhada do lado de fora, em uma outra plataforma vazada, que fica a 356 metros de altura.

 

Aquarium
Da CN Tower, é bem fácil visitar outros pontos interessantes caminhando, como o Rogers Centre, o Ripley’s Centre, o Ripley’s Aquarium of Canada, excelente opção para as crianças, e o Steam Whistle. O Rogers Centre é um estádio de beisebol bastante movimentado em dias de jogos do Blue Jays, o time de baseball de Toronto. A Steam Whistle é uma cervejaria artesanal, que oferece tours guiados para os turistas conhecerem o processo de produção da cerveja. Para quem curte esporte, vale também uma visita ao Hockey Hall of Fame, uma espécie de museu da fama, que é interativo, dedicado ao hóquei e às estrelas do esporte, bastante popular no país.

 

Royal Ontario
Para conhecer um pouco da antiga Toronto, é importante visitar a Casa Loma, um castelo construído dentro da cidade. O prédio com 98 quartos pertenceu a um rico empresário e se tornou museu. Para quem gosta de passeios culturais, outras alternativas são o Art Gallery of Ontario (AGO), museu de história natural e cultura; o Royal Ontario Museum, que tem fósseis de dinossauros; e o Ontario Science Centre, ideal para famílias com crianças.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade