ROTEIROS

Quatro lugares que fazem a fama do turismo de aventura em Portugal

Os turistas podem passar por paisagens incríveis, como vulcões inativos, vilas medievais, praias quase desertas e colinas verdes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/02/2016 09:00 / atualizado em 17/02/2016 15:22

Maurício de Abreu/DRT/visitazores.com/ATA
 

Que Portugal é a terra dos vinhos e da boa gastronomia, isso todo mundo já sabe. Mas o país pode surpreender os turistas de outra forma. Já pensou caminhar sobre vulcões inativos, tomar banho de águas termais, avistar baleias, pedalar por vinícolas, conhecer vilas medievais e saborear queijos de cabra locais em território português? Se não, conheça quatro destinos para praticar o turismo de aventura no país europeu. Para os brasileiros, esse tipo de roteiro é mais uma forma de mergulhar nas origens. Cada região tem detalhes que se assemelham às nossas, apesar da grande diferença do espaço territorial. A grande vantagem é aquela velha sensação de estar em casa, trocando experiências de vida, além de aprender um pouco mais sobre a cultura — que é um pouco nossa.

 

Açores

As ilhas vulcânicas do arquipélago de Açores — a 1.500km de distância de Lisboa — guardam paisagens apaixonantes, formadas por gêiseres — buracos que liberam fortes jatos de água quente e vapor de dento da terra —, lagos vulcânicos e colinas verdes. Mais de 60 trilhas seguras estão espalhadas pelo arquipélago, convidando os visitantes para caminhadas. Vale a pena passar pela freguesia de Sete Cidades, localizada no centro de uma cratera vulcânica, ou pelas vilas de Faial da Terra e Sanguinho; observar baleias, cachalote e golfinhos; tomar banho nas quentes águas termais e cachoeiras; visitar vinícolas; experimentar o típico cozido; o Centro de Interpretação do Vulcão Capelinhos; e, claro, tirar muitas fotos nos incríveis mirantes que o relevo oferece.

 

Trilhas da Costa Vicentina

Go Barefoot/Divulgação

Praias quase desertas e diversas espécies da flora e da fauna se escondem na faixa litorânea do Algarve e do Alentejo, conhecida como a Costa Vicentina. Localizada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano, a região guarda uma natureza ainda preservada. O roteiro por lá propõe uma trilha a cada dia, levando o turista a descobrir novas praias, vilas, recantos pesqueiros e natureza exuberante. As trilhas têm de 6km a 20km e nível intermediário.


Aldeias do Xisto

Go Barefoot/Divulgação

No centro do país, as 27 aldeias do Xisto ficam entre serras majestosas. São segredos bem guardados, em regiões preservadas pelo povo acolhedor. Lá o tempo passa devagar e é possível experimentar o melhor do turismo rural. Trilhas por entre as casinhas de xisto e pelas montanhas permitem que o trajeto seja feita a pé. Pelo caminho, é possível saborear iguarias gastronômicas, como queijo de cabra e pães assados, conhecer o artesanato típico, avistar javalis e veados, além de tomar um banho de rio.


Cicloturismo pelo Vale do Douro

Go Barefoot/Divulgação

No Norte de Portugal, conhecer a famosa rota do vinho do Porto de bicicleta pode ser uma aventura inesquecível. O passeio por caves (locais onde se guardam os tonéis)e vilas rurais seculares, emoldurado por paisagens surpreendentes, reveza esporte e descanso.Depois de um longo dia de pedaladas, caminhadas e imperdíveis degustações da bebida e da culinária da região, charmosos hotéis-butique e spas em vinícolas aguardam os turistas para o merecido descanso. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.