EXPERIÊNCIA

Acrescente um pouco de tempero no itinerário e faça uma viagem de chef

Um roteiro gastronômico, com direito a curso, pode tornar a viagem à capital inglesa ainda mais deliciosa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/06/2016 09:00

Michael Beyer/Flickr

Pensando naqueles que planejam melhorar suas técnicas na cozinha, um açougue da capital inglesa passou a oferecer cursos de cortes de carne. Em três horas e meia, os alunos colocam a mão na massa e preparam refeições com o que aprenderam. A ideia é que as aulas sejam focadas em apenas uma técnica. Entre elas estão o corte de carne bovina, cordeiro, carne de porco, aves, salsicha e pele. O açougue The Ginger Pig também oferece aulas fechadas para grupos.
Valor: R$ 765

 

» Experimente

Angie/Flickr

Londres é ideal para uma viagem gastronômica. Com uma infinidade de restaurantes, culinária de todas as partes do mundo, é impossível repetir um prato. O mercado de Covent Garden pode ser um ponto de partida. O local está sempre cheio de turistas e moradores que ocupam as mesas dos diversos restaurantes. Com um conceito um pouco diferente, o Borough Market reúne barracas de comidas. Escolha o seu prato preferido e aprecie ao ar livre.

 

Nada convencionais

Universidades  também dão diplomas técnicos, de graduação e até de pós-graduação em áreas bastante fora do comum.

 

» Stand up comedy

Em Toronto, no Canadá, os comediantes têm um curso profissionalizante de dois anos. Para se formar na Universidade Humber, o aluno cursa matérias como história da comédia, improvisação e escrita para comédia.
Valor: R$ 38.151, para alunos internacionais.

 

» Gramados

É preciso técnica para cortar o gramado de campos de futebol, tênis e golfe, por exemplo. Para seguir a carreira — que abrange outras especialidades —, a Universidade PennState, na cidade norte-americana da Pensilvânia, oferece cursos de graduação e pós-graduação no assunto.
Valor: R$ 30.075 por semestre

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.