SUÍÇA

Elo da Europa, Zurique merece mais que uma passadinha entre conexões

A cidade é, quase sempre, ponto de conexão para muitos turistas. Conheça algumas atrações e descubra que a maior cidade do país merece uma visita que vá além do aeroporto. Caminhe pelas ruas e aproveite

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/09/2016 20:00 / atualizado em 22/09/2016 10:40

Big Dataw Point/Flickr

Que a Suíça é a terra dos chocolates, dos canivetes e dos famosos bancos todos sabemos. Além disso, guarda aquelas paisagens bucólicas e encantadoras, que nos lembram antigos calendários com fotografias para cada mês. Em dezembro, lá estava a foto de uma das cidades do país. A maior delas, Zurique, tem o maior aeroporto, com voos para mais de 170 cidades espalhadas pelo mundo.

 

Por isso, a cidade que fica ao norte — próxima à fronteira com a Alemanha — é escala para muitos turistas. A maioria deles, no entanto, nem saem do aeroporto entre um voo e outro e perdem a oportunidade de aproveitar tudo o que Zurique tem para oferecer. O Turismo separou algumas das atrações imperdíveis da cidade, que está aos pés dos Alpes suíços, e montou um roteiro rápido, que dá para ser feito no período de espera para o próximo destino.

 

Faheem Khan/Flickr

Bahnhofstrasse

Provavelmente uma das ruas mais movimentadas de Zurique, a Bahnhofstrasse reúne milhares de lojas, cafés e restaurantes em um lugar só. A rua começa na porta da Estação Central da cidade e vai até a Bürkliplatz. No início estão as lojas mais populares. Quanto mais se anda para o fim da rua, mais fácil achar grifes como Chanel e Cartier. É quase impossível fugir da Bahnhofstrasse: a rua está próxima da maior parte dos pontos turísticos.

 

Gare

Por estar tão próxima da principal estação de Zurique, a Bahnhofstrasse recebe esse nome. Em alemão, Bahnhof significa estação de trem.

 

Iana Caramori/Esp. CB/D.A Press

Bürkliplatz

A praça no centro de Zurique é um importante ponto de encontro da cidade. Ali ocorrem as feiras de pulga, apresentações de dança e música. Além disso, a Bürkiplatz é cercada de quiosques de souvenirs e de comidas típicas. Também é de lá que saem os barcos de passeio pelo Lago Zurique. São quatro opções de itinerário, com durações que variam de uma hora e meia a sete horas. Os barcos voltam para o ponto de partida, na Bürkliplatz, mas é possível desembarcar em qualquer parada.

» Mais informações: www.zsg.ch/en

 

Fabrice Coffrini/Reprodução

Museu da FIFA

Apesar de ter sido fundada na França, em 1904, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) tem sua sede em Zurique, na Suíça. E também é lá que está o museu da instituição. O espaço, de três andares, abriga exposições interativas permanentes e temporárias sobre a história do esporte e da federação. É possível encontrar a camisa de todas as seleções que são membros da FIFA e o troféu da Copa do Mundo. O museu abre de terça a sábado, das 10h às 19h, e domingo, das 10h às 18h. A entrada custa 24 francos suíços.

» Mais informações: www.fifamuseum.com

 

Pentacampeão

Até 19/2/2017, o visitante poderá conferir a primeira exposição temporária do museu. A “Brazil 2014 Revisited” leva o torcedor de volta à Copa do Mundo do Brasil, que aconteceu em 2014. A história do futebol brasileiro também será contada, a partir de objetos de figuras importantes, como Sócrates, Zico e Pelé.

 

Werner B/Flickr

Colina de Lindenhof

Depois de um dia agitado e de muita caminhada, o parque da colina de Lindenhof é uma ótima opção para descansar e, de quebra, aproveitar uma bela vista da orla do Rio Limmat. O local também é um ponto importante na história do país. No século 4, a região — que antes abrigava um povoado celta — recebeu um forte romano para proteger a cidade dos alamanos. Ruínas do forte e lápides ainda podem ser vistas no parque. A colina de Lindenhof também já foi terreno do palácio real do neto de Carlos Magno.

 

Boa pedida

O ZürichCARD — que pode funcionar por 24 ou 72 horas — reúne uma série de benefícios para o turista que está em Zurique. O cartão dá direito a passagens ilimitadas em todos os transportes públicos da cidade e de regiões próximas, descontos ou ingressos gratuitos em museus cadastrados, vouchers de restaurantes, descontos em lojas e city tours, entre outros benefícios. O ZürichCARD custa 24 francos suíços para um dia e 48 para três. Mais informações: www.zuerich. com/en/visit/your-city-travel-pass

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.