SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

UNIVERSAL

Os sorrisos do pavor no Halloween Horror Nights do Universal Studios

Histórias originais, ambientadas em três das nove casas do evento, contribuem para gerar mais tensão. Cenários com cores berrantes amplificam o efeito dos óculos 3D

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/10/2016 10:00 / atualizado em 12/10/2016 16:09

Helena Mader

Universal Studios/Divulgação
 

Orlando (EUA) — Este ano, três das nove casas do Halloween Horror Nights do Universal Studios são baseadas em histórias originais. Uma delas, Lunatics Playground, é a única experiência virtual. O cenário foi criado com cores fortes e berrantes, o que amplifica o efeito gerado pelo uso dos óculos 3D. Em um dos trechos do percurso, o chão treme, enquanto imagens rápidas são projetadas numa travessia em forma de túnel. Ao fim do trajeto, começam a surgir as criaturas surrealistas, como a jovem Chance, uma sexy, mas demoníaca figura.

Outra história original é Ghost Town, que reproduz um ambiente de velho oeste, com centenas de caveiras dos mortos na disputa por uma mina de ouro. O terceiro tema desenvolvido de maneira original pelo Universal Studios é a casa Tomb of the ancients. “Essa casa tem inspiração cambojana, egípcia, asteca, todas essas diferentes culturas que tinham construções de pirâmides. Essas estruturas atraem as criaturas de dentro da terra, que vão atacando os visitantes. É bem claustrofóbico, as pessoas saem chorando”, relata o diretor Charles Gray.

 

Universal Studios/Divulgação
 

Além de O Exorcista, outro clássico reproduzido no Halloween Horror Nights é O Massacre da Serra Elétrica. Apesar dos vários remakes, o filme original, da década de 1970, foi a inspiração para os criadores dos cenários. A casa temática da película tem como personagem principal o assassino do filme original, Leatherface, que tem o rosto coberto por fatias de pele humana e vem de uma família de canibais. O som predominante, é claro, não poderia ser outro: o barulho da motosserra usada para os assassinatos praticados pelo maníaco, em uma isolada fazenda no Texas. “As máscaras, as fantasias, os ossos espalhados pela casa, os rostos feitos de pele nas paredes, todos os detalhes foram baseados no filme original, do começo dos anos 1970”, comenta o diretor Charles Gray.

 

Zumbis atravessam seu caminho

 

Uma das mais badaladas atrações do Halloween Horror Nights é a casa temática do seriado The Walking Dead. Inspirada no quadrinho homônimo, de Robert Kirkman, a série do canal americano AMC acompanha a trajetória do grupo liderado pelo xerife Rick Grimes e sua luta para sobreviver em um mundo infestado por zumbis.

 

Universal Studios/Divulgação
 

Na busca por um lar seguro e por respostas sobre a epidemia que transformou humanos nas estranhas criaturas, descobrem que as hordas de mortos-vivos não são a única manifestação do apocalipse. Eles precisam enfrentar seus conflitos internos e sobreviver a uma inesperada ameaça às suas vidas: os vivos.

A travessia pela casa temática do Universal Studios traz o melhor de todas as temporadas, com muitos zumbis escondidos em cada canto do local. Outra casa inspirada em uma série de sucesso é American Horror Story —  a maior desta edição do evento. Cada casa tem, em média, 22 atores.

 

Universal Studios/Divulgação
 

Uma das regras mais rígidas a ser cumprida pelos visitantes do Universal Studios durante o Halloween é a proibição de tocar nos atores — que, por sua vez, também não podem tocar nos visitantes em nenhuma hipótese. “Deve ser mantida uma barreira invisível entre eles”, justifica o diretor, Charles Gray.

 

Questionado sobre qual casa faz mais sucesso entre os visitantes, ele explica que a resposta depende da preferência de cada fã de terror. “Cada um tem seu estilo próprio e há opções para todos os gostos. “Tem pessoas que vêm e não entram em casa nenhuma e só se sentam e riem com o medo dos visitantes, se divertem com os outros gritando”, revela Gray.

 

Universal Studios/Divulgação
 

Outro detalhe importante para quem se interessar em visitar o Universal Studios durante o evento é que não são permitidas fantasias ou máscaras. O Halloween não é recomendado para crianças menores de 13 anos. Durante o evento, os visitantes podem aproveitar as principais atrações do parque, como Transformers, a montanha russa Rock it, Múmia, Simpson, Men in Black e Harry Potter.

 

A repórter viajou a convite do Universal Studios

 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade