SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

SEGURANÇA

Fuja da rota dos furacões que passa pelo Caribe, Golfo do México e EUA

Destinos exigem planejamento extra por causa dos frequentes desastres naturais. Há épocas em que a ocorrência é maior: na região, é a primeira semana de setembro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/11/2016 09:30 / atualizado em 09/11/2016 15:13

Iana Caramori - Especial para o Correio

Pisces With Camera/Flickr

O mundo natural age de acordo com suas regras, e ainda não encontramos um jeito de fazer um acordo com a Mãe Natureza para que ela se torne mais previsível. Desastres naturais, por exemplo, são difíceis de prever. No entanto, já se sabe que, em alguns meses, alguns desses eventos são mais prováveis. Outro ponto que pode nos ajudar a fugir de uma catástrofe é observar sinais que a própria natureza dá.

 

Para evitar que a viagem se transforme em um pesadelo, é importante ficar de olho nas características naturais do destino muito antes da hora do embarque. O Norte do Oceano Atlântico, por exemplo, é bem conhecido por sua temporada de furacões, entre 1º de junho e 30 de novembro. Durante esses meses, não é certo que um furacão irá se formar, mas todos ficam alertas, prontos para se proteger dessa força da natureza.

 

Na temporada de furacões — que normalmente atinge o Norte do Caribe, Golfo do México e Sudoeste dos Estados Unidos — as principais ocorrências são de tempestades e ciclones tropicais, que podem ou não se tornar tufões e grandes furacões. Segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos, o pico estatístico ocorre na primeira semana de setembro. O Turismo destaca alguns destinos incríveis que fazem parte da rota de furacões do Atlântico:

 

Teresa Perez/Divulgação

Ilhas Turcas e Caicos

O destino tem fama de ter um dos mares mais azuis do Caribe. Paraíso dos que gostam de mergulhar de cilindro, a região tem quilômetros de recifes e uma rica fauna marinha. Conheça lugares como Providenciales, West Caicos e Little Water Cay.

 

Pablo Pola Damonte/Flickr

Bahamas

Parada quase obrigatória dos cruzeiros com rota no Caribe, o país encanta com suas belezas naturais. Esportes aquáticos, mergulho e passeios de barco são passeios tradicionais dos turistas que visitam o local.

 

Ana Staspenev/Flickr

Cuba

O país tem dois lados marcantes: as cidades, como Havana, donas de fortes heranças culturais, e as praias de águas cristalinas e areia branquinha, como Santa Lucía.

 

oe Raedle/Getty Images/AFP

Miami

A cidade norte-americana é a queridinha dos brasileiros. Com grandes centros de compras e praias movimentadas, também tem inúmeros museus e um bairro que é uma obra de arte a céu aberto, o Wynwoods District.

 

» Para saber mais

A força de Matthews

Em outubro deste ano, o furacão Matthews — considerado o mais devastador da última década – causou muitas perdas por onde passou. No Haiti, onde a destruição representa cerca de 20% do PIB do país, mais de 800 pessoas morreram e cerca de 175 mil perderam suas casas. O furacão passou ainda por Cuba, Jamaica e Estados Unidos.

 

Rota perigosa

Grande parte do Caribe está na rota de furacões. No entanto, alguns locais têm raros ou nenhum registro desses fenômenos naturais, como Aruba, Curaçao, Barbados e Los Roques. A maioria dos destinos ao Sul do Caribe são mais seguros durante a temporada.

 

» Não se esqueça de checar

Antes de viajar, é possível acompanhar as atividades de ciclone tropical pelo site do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos. Informações: www.nhc.noaa.gov

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade