SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

ESPÍRITO SANTO

Convento da Penha presenteia turista com visão de 360 graus de Vila Velha

Conjunto arquitetônico tombado como patrimônio histórico-cultural foi construído a 154 metros de altitude

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/01/2017 09:00 / atualizado em 06/01/2017 16:06

Jeferson Pancieri/Divulgação

É do Convento da Penha que se tem uma das melhores vistas de Vila Velha. Expoente da arquitetura colonial brasileira, o conjunto arquitetônico construído a 154 metros de altitude foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio histórico-cultural. A exemplo de outros pontos turísticos do Espírito Santo, teve parte da estrutura restaurada recentemente, em 2011.

 

A maneira mais prática de ir até o topo do morro é dirigir até metade do caminho e, dali, seguir pela única opção: uma trilha de pedra. Também é possível fazer todo o percurso a pé, via Ladeira da Penitência, também conhecida como Ladeira das Sete Voltas. São cerca de 500 metros de subida íngreme sobre um calçamento de pé-de-moleque (pedras irregulares). Como o convento é cercado pela Mata Atlântica, é comum encontrar animais como aranhas e pequenos macacos durante o trajeto. Utilizada há séculos, a trilha foi aberta pelo Frei Pedro Palácios. Ele construiu a primeira capela do lugar, dedicada a São Francisco de Assis, por volta de 1562.

 

Mirante

Ao finalizar a caminhada e avistar o piso do convento, serão só mais alguns metros para experimentar a sensação de estar em um mirante de 360 graus. Por um lado, os devotos não economizam energia para pagar promessas, encarando a subida. Por outro, os caçadores de paisagens não escondem o sorriso ao chegar ali e se posicionar no cantinho mais confortável. Seja debruçados no parapeito de um dos janelões, seja disputando espaço na área aberta do mirante, os visitantes aproveitam o tempo para tirar várias fotos panorâmicas e, de quebra, curtir o silêncio.

 

Dali é possível ter uma noção da grandiosidade do oceano e apreciar a composição arquitetônica da cidade capixaba do alto. Dentro do convento há uma capela onde acontecem missas regularmente. O ponto alto da visitação é em abril, durante a Festa da Penha. Fiéis se deslocam do centro de Vitória em direção ao local, que recebe shows e celebrações especiais no período. O interior, decorado em madeira e pintado por um artista português, passa longe da ostentação. A simplicidade é o charme.

 

Visite

Convento da Penha

» Rua Vasco Coutinho, s/n. Prainha, Vila Velha

» Aberto todos os dias de 5h30 às 16h45

» Entrada gratuita

 

Quando em Vila Velha

Farol de Santa Luzia

Bernardo Gomes Marques/Flickr

Aberto à visitação pública há pouco mais de dois meses, o farol fica em um precipício coberto por grama, incrustado na Ponta de Santa Luzia, na Praia da Costa. Em dias nublados, a tese de que a luz vai até onde o olho não alcança fica comprovada. Quando o sol brilha, o cenário pede fotos e é propício para relaxar em um dos banquinhos virados para o oceano. (Aberto de terça a domingo, das 9h às 16h. Gratuito)

 

Praias

Paulo de Araújo/CB/D.A Press

As praias da Costa, de Itapoã e de Itaparica são ideais para banho. A Praia da Costa fica próxima das trilhas de acesso ao Convento da Penha e ao Morro do Moreno (frequentado por amantes de trilhas), reúne bons restaurantes e feirinha no calçadão aos fins de semana.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.