Publicidade

Estado de Minas PRAIAS

Paraísos onde a cor da areia transforma a experiência de ir à praia

Rosa, preta ou que brilha no escuro: você é quem escolhe a cor da areia da praia em que vai entrar no próximo roteiro de viagem. Os tons ocorrem por causa de fenômenos naturais, como a explosão de um vulcão


postado em 16/01/2017 09:00 / atualizado em 12/01/2017 17:51

(foto: Eva 8/Flickr)
(foto: Eva 8/Flickr)

Encontrar diferentes tons de azul é bastante comum quando estamos falando de mares e oceanos ao redor do planeta. Alguns têm tons mais escuros, enquanto outros apresentam águas tão transparentes que fica fácil ver peixes nadando de lá para cá. Muitos viajantes acabam escolhendo o destino depois de se encantarem com a nuance turquesa de algum mar, por exemplo. Mas que tal escolher a próxima cidade ou ilha por causa da cor da areia da praia? Elas são rosas, pretas e até brilhosas. Descubra onde estão e corra para arrumar logo as malas e conferir de perto essas curiosas praias.

 

Punalu’u (Havaí)

As areias da praia havaiana chamam atenção pela cor preta. O fenômeno ocorre por causa de rochas basalto e da lava — das atividades vulcânicas do Parque Nacional dos Vulcões do Havaí —, que esfria ao entrar em contato com o oceano. A praia merece a visita por causa da cor da areia, mas não é um bom lugar para mergulho, por ser muito rochosa. Outro motivo para conhecer o local são os seus moradores: é comum encontrar as tartarugas-de-pente e as verdes — ambas ameaçadas de extinção.

 

Praia de Elafonissi (Grécia)

(foto: Miguel Virkkunen Carvalho/Flickr)
(foto: Miguel Virkkunen Carvalho/Flickr)

Pequenos pedaços de coral vermelho transformam a areia em um espetáculo à parte, na praia da ilha grega de Creta. O rosa contrasta com o azul-turquesa do mar, criando uma paisagem de tirar o fôlego. A areia também ganha a cor por causa da foraminifera, um microorganismo que tem a concha em tom vermelho-rosado. É possível encontrar praias de areia rosada em outras partes do mundo, como na Ilha Harbour, nas Bahamas, e em Elbow Beach, em Bermudas.

 

Vaadhoo (Maldivas)

(foto: Doug Perrine/Reprodução)
(foto: Doug Perrine/Reprodução)

Parece cena de algum filme de ficção científica, mas as areias brilhosas da ilha de Vaadhoo realmente existem. O fenômeno é causado por uma reação química chamada bioluminescência. Quando em contato com oxigênio, um grupo de organismos é capaz de produzir e emitir luz, gerando o brilho no mar. É impossível não ter vontade de ver, ao vivo, a combinação das “estrelas” brilhando tanto no mar quanto no céu.

 

Explosão de tons

Existem outras cores de areia possíveis de encontrar na natureza. Descubra quais são:

 

Verde

(foto: Herb/Flickr)
(foto: Herb/Flickr)

Para chegar à praia de Papakolea, no Havaí, é preciso pegar autorização com o DHHL, departamento do governo havaiano. Mas toda essa burocracia vale a pena para ver de perto a areia verde-oliva do local, causada pelo mineral olivina.

 

Vermelha

(foto: Marco Coda/Flickr)
(foto: Marco Coda/Flickr)

Na Praia Cabot, no Canadá, o turista encontra areias em um tom bem vermelho, provavelmente por ação de ferrugem ou rochas de arenito. A praia está dentro do Parque Cabot Beach, onde também é possível acampar.

 

Ocre

(foto: John Homard/Reprodução)
(foto: John Homard/Reprodução)

A água transparente faz uma boa dupla com a areia de cor ocre da praia de Porto Ferro, na ilha italiana de Sardenha. A cor diferente é causada por uma mistura de conchas e pedras naturais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade