MÉXICO

Aceita uma dose de tequila? Prove da bebida na cidade mexicana homônima

A partir de Guadalajara, bastam apenas 40 minutos de carro para chegar até lá. O local tem um clima bucólico, com casinhas coloridas e ruas de paralelepípedos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/02/2017 09:00 / atualizado em 16/02/2017 12:18

Luana Bastos/Divulgação

A bebida mais conhecida do país dá nome a uma cidadezinha histórica, que fica a 40 minutos de Guadalajara. É claro que a tequila foi criada lá, em 1758, por José Cuervo, marca bem conhecida pelos brasileiros. O Centro Histórico de Tequila é rico em cultura e tradições. Ótimo lugar para um passeio descontraído, com ruas de paralelepípedo e casinhas coloridas, a cidade lembra os pequenos municípios mineiros. Tem até um trem turístico que liga Tequila a Guadalajara, cujo passeio custa 950 pesos, cerca de R$ 190.

 

A principal atração local é a fábrica Mundo Cuervo, onde o turista pode conhecer todo o processo de produção da bebida e, no fim, fazer uma degustação comparativa entre os três tipos existentes: blanco — direto do alambique para a garrafa; reposado — envelhecida em barris por seis meses; e añejo — envelhecida em barris por 18 meses.

 

Charlie Marchant/Flickr

Para ficar e curtir

O turista que busca luxo e exclusividade pode aproveitar as delícias de se hospedar nos diversos hotéis-fazenda de Guadalajara. Localizados no entorno da cidade, são verdadeiros refúgios que oferecem conforto, boa culinária e serviços que vão desde massagens a aluguéis de espaços para cerimônias.

 

Hacienda Lomajim fica de frente para penhascos vertiginosos, de tirar o fôlego. As acomodações são luxuosamente decoradas. E a gastronomia é comandada por um time de chefs, que apresentam o melhor da culinária internacional. A igrejinha da propriedade e o espaço para eventos com capacidade para até 600 convidados, tem atraído cada vez mais noivas que procuram por um casamento exclusivo.

 

Na Hacienda El Carmen, o enorme casarão de tijolinho à vista e um amarelo-ocre surpreende quem chega. São 10 janelas enfileiradas, além de um imenso jardim, que tem até arqueduto. Os quartos têm decoração elegante, o restaurante é divino, e tem vários espaços para eventos, mas a melhor parte daqui é o spa, que oferece banhos e massagens relaxantes.

 

» Anote aí

 

GUADALAJARA:

Onde comer

» Tacos Providencia
» Santo Coyote
» La Postrería
Onde ficar
» NH Hotel

 

TEQUILA:
Onde comer
» La Antigua Casona
Onde ficar
» Solar de las Ánimas

 

TLAQUEPAQUE:
Onde comer
» Casa Luna

 

ILHA DE MEZCALA:

Onde comer
» La Vita Bella

 

*A repórter viajou a convite do Conselho de Promoção Turística do México, das secretarias de Turismo de Jalisco e de Guadalajara e da Copa Airlines

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.