ADMIRÁVEIS

Sete motivos para se encantar com as maravilhas do mundo moderno

Os monumentos provocam fascínio em cada detalhe. Vá preparado para se surpreender com a beleza e as técnicas acuradas de arquitetura e engenharia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 27/04/2017 09:00 / atualizado em 26/04/2017 18:39

AFP/CHANDAN KHANNA

As novas maravilhas do mundo, também conhecidas como maravilhas do mundo moderno, estão em quase todos os continentes — exceto na Oceania. Do Cristo Redentor ao Taj Mahal, o que todas têm em comum é a posição de destaque. Ao visitar o país onde qualquer um desses monumentos está localizado, será impossível não passar por elas em algum momento. Os lugares têm fama. Por isso, correm o risco de ficarem lotados durante todo o ano. Chegue cedo e, além da câmera fotográfica, leve uma dose de paciência. Ao seguir essa receita, as chances de o passeio ser inesquecível são de quase 100%.



Taj Mahal (Índia)
O mausoléu de mármore construído por um imperador para sua esposa preferida fica na cidade de Agra. Inclui uma mesquita e uma mansão, cercadas por jardins. O monumento recebe até 8 milhões de visitantes por ano.

AFP PHOTO/Cris BOURONCLE

Machu Picchu (Peru)
A cidade inca com 15 séculos de existência fica em uma montanha, a quase 3 mil metros de altitude, perto do Vale Sagrado, em Cusco. Os vários templos e salões de pedra datam de 1450 e são tombados pelo patrimônio da Unesco e Santuário Histórico Peruano.

REUTERS/Erik de Castro

Petra (Jordânia)
A cidade é um sítio arqueológico famoso por sua arquitetura baseada em pedra e pelo sistema de abastecimento de água. É a atração mais visitada da Jordânia, patrimônio da Unesco desde 1985 e citada por várias revistas como um dos lugares para ver antes de morrer.

REUTERS/Victor Ruiz Garcia

Chichén Itzá (México)
O sítio arqueológico foi escolhido por ter o templo de Kukulkan em seus limites. A pirâmide, erguida pela civilização maia pré-colombiana entre os séculos 9 e 11, homenageia a divindade da serpente plumada. Esculturas de pedra com a temática encantam quem visita.

Ricardo Monserrat/Estudio 180

Coliseu (Itália)
O anfiteatro do centro da cidade de Roma é o maior já construído. O monumento sediava eventos públicos — inclusive execuções — no passado e foi parcialmente destruído por terremotos e ladrões de pedra, mas segue como símbolo máximo do Império Romano.

Ivo Gonzalez/Agência O Globo

Cristo Redentor (Rio de Janeiro)
O Cristo é reconhecido no mundo inteiro como símbolo do cristianismo. A estátua foi erguida entre 1922 e 1931, no morro do Corcovado, e tem 30 metros — duas vezes o tamanho da Estátua da Liberdade, em Nova York.

AFP/21/9/16

Grande Muralha (China)
O conjunto de fortificações de pedra protegia os estados e os impérios chineses de invasões de nômades da Eurásia. Alguns trechos datam do século 7 a.C. Pesquisas arqueológicas apuraram que o muro e suas ramificações têm 21.196km de extensão.

» No páreo
As sete maravilhas estiveram em um grupo de 21 até serem escolhidas por voto popular em 2007. Conheça os monumentos que quase ganharam o título no site: world.new7wonders.com/wonders.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.