Tangará e a obra de Burle Marx

O Palácio, o mais novo hotel superluxo do país, é o primeiro Oetker Collection na América do Sul

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/06/2017 17:27 / atualizado em 29/06/2017 18:10

 

Juliana A. Saad

Borboletas azuis, pássaros e cenas da natureza e urbanas lamberam as paredes exteriores da fachada do Hotel Palácio Tangará, nesta terça-feira (27/6). A projeção de imagens (de Chris Ayrosa) fez parte da festa de abertura - com direito a tilintar de taças, orquestra, conjunto de jazz, show de nado sincronizado na piscina, tocheiros reluzentes e serviço requintado - que reuniu um fervido mix de convidados e sociedade local e celebridades - de Chiquinho Scarpa a Adriana Galisteu - em torno do hotel que vem agitando a capital paulistana.

 

Franck Marrenbach, CEO da Oetker Collection e Celso do Valle, diretor-geral do Palácio Tangará, abriram a noite. O internacional chef Jean-Georges Vongerichten coordenou pessoalmente - juntamente com o chef executivo Pascal Valero - todo o impecável e delicioso bufê da festa, executado pelas cozinhas do hotel.

 

 

Juliana A. Saad

 

Multicolorido

 

O nome do hotel é uma homenagem ao Tangará, pássaro multicolorido da fauna brasileira. Cercado pelo Parque Burle Marx, cujos jardins foram projetados pelo icônico paisagista homônimo, o hotel oferece 141 apartamentos – sendo 59 suítes – todos com vista para a vegetação exuberante do parque. O Palácio Tangará é o primeiro da Oetker Collection na América do Sul e faz parte da luxuosa rede de propriedades excepcionais regidas pela chancela da grupo europeu (leia-se Le Bristol em Paris, Cap du Eden Roc em Antibes, The Lanesborough em Londres, L'Apogée em Courchevel, Brenners em Baden-Baden, Château St. Martin em Vence, Fregate Island em Seychelles, Eden Rock em St.Barth).

 

A culinária com a assinatura do estrelado chef Jean-Georges Vongerichten e execução a cargo do experiente chef Pascal Valero abocanha o paladar enche as mesas em almoços, jantares e brunches concorridos. Mas é a "Chef’s Table", a mesa para 16 pessoas cercada pelas cozinhas, em um salão à parte e serviço de menu degustação, que provoca as mais disputadas reservas. Para harmonizar, uma portentosa adega e bares como o lobby lounge e o super-charmoso Burle Bar.

 

História

 

Na década de 1940, o Parque Burle Marx pertencia ao magnata paulistano Baby Pignatari. Ele construiu ali uma casa para sua noiva, a Chácara Tangará, e escolheu Burle Marx para fazer o projeto paisagístico. Quando o casal se separou, a propriedade permaneceu intocada até a década de 1990, quando foi convertida em parque. A chácara foi transformada no Hotel Tangará, que tem como vizinhos a imensa cobertura vegetal, floresta nativa e jardins com elementos remanescentes do projeto de Burle Marx.

 

SERVIÇO

O Hotel Palácio Tangará fica na Rua Dep. Laércio Corte, 1501 - Panamby, São Paulo - SP.

www.palaciotangara.com

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.