ECOTURISMO

Parques Nacionais no Centro-Oeste: espetáculo de formas e belezas naturais

O Brasil reúne diversas áreas de preservação ambiental que são patrimônios do povo brasileiro. Aproveite os próximos feriados e embarque nessa aventura

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/08/2017 10:00 / atualizado em 24/08/2017 15:21

Francisco Aragão/Flickr


Com 73 parques nacionais instalados nas cinco regiões brasileiras e classificados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o turismo na natureza é uma das melhores opções para curtir os próximos feriados prolongados. Alguns deles oferecem boa estrutura de atendimento aos turistas, tanto dentro das reservas quanto nos municípios vizinhos.


Neste ano, o governo abriu concessões permitindo que a iniciativa privada explorasse alguns serviços como transporte de turistas, restaurantes, lojas de souvenires, atividades esportivas na natureza, a exemplo de expriências bem-sucedidas em parques nacionais como Iguaçu (PR), Tijuca (RJ), Fernando de Noronha (PE) e Serra dos Órgãos (RJ). Dessa forma, o visitante tem melhor assistência e conforto.

Está provado cientificamente que o contato com a natureza traz grandes benefícios ao ser humano. Uma pesquisa da Escola de Saúde Pública de Harvard diz que morar próximo a parques, florestas, bosques ou jardins reduz a chance de adquirir doenças renais e respiratórias e dá mais longevidade ao morador. Foi o que um grupo de pesquisadores coordenado pelo cientista Peter James concluiu ao analisar os prontuários médicos de 108.603 mulheres americanas durante oito anos, entre 2000 e 2008. As pacientes cujas casas tinham vegetações em um raio de 250m quadrados apresentaram uma taxa de mortalidade 12% menor.

Ainda não se convenceu das vantagens de visitar o parque mais próximo da sua cidade? Lembre-se de que o Brasil está em primeiro lugar no ranking do Estudo de Competitividade do Fórum Econômico Mundial em recursos naturais mundiais, deixando para trás fortes candidatos, como México (2º), Peru (4º), Austrália (6º), Tailândia (7º) e Estados Unidos (10º). Os dados só reforçam a diversidade ambiental do país e a necessidade de preservação da fauna e flora brasileira. Escolha um dos parques destacados pelo Turismo e aproveite para viver mais. E melhor.

 

Pérolas no centro do país

 

Na região Centro-oeste, a paisagem dos parques é brindada com belas cachoeiras que amenizam o clima seco dos dias de inverno. As áreas de preservação ambiental são frequentadas principalmente por desportistas que desbravam as trilhas e, como recompensa, mergulham nas águas cristalinas e revigorantes das diversas quedas d’água.

Parque Nacional Chapada dos Guimarães
Thousand Wonders/Reprodução

Localizado no coração do Mato Grosso, entre Cuiabá e a Chapada dos Guimarães, a reserva ambiental de mais de 32 mil hectares reúne cachoeiras, trilhas, cavernas e uma grande diversidade de animais e vegetação. O ponto forte do parque são as cachoeiras que se tornaram famosas por sua beleza. Entre elas, a Véu de Noiva e a Cachoeira dos Namorados. Outra atração é a gruta Casa das Pedras, que foi abrigo para escravos, indígenas e homens do movimento político-militar Coluna Prestes. Além disso, a caverna foi cenário para a abertura da novela da Rede Globo Fera Ferida (1993).  Para quem gosta de caminhadas, a trilha para o Morro de São Jerônimo é uma boa opção. Ela é de alto grau de dificuldade e tem como destino o ponto mais alto do Parque Nacional. No ano de 2016, a reserva ficou em 7º lugar entre os 73 parques mais visitados do Brasil, segundo o ICMBio. A estudante Mariana Mangieri,  21 anos, conta que a Chapada dos Guimarães faz parte da vida dela desde pequena e sempre que pode vai para lá. “Além de ser maravilhoso, tem uma energia enorme. Na última vez em que eu fui, fiz a Trilha do Mel, que tem 3km e é a subida do paredão da Chapada. Quando a trilha termina, temos a sensação de que não somos nada diante da imensidão e é uma sensação de gratidão por ter condições de fazer tudo isso”, afirma, emocionada.

Arquivo Pessoal

  • Cidade mais próxima: Cuiabá e Chapada dos Guimarães
  • Aeroporto mais próximo: Cuiabá
  • Hospedagem: Não é permitido acampar dentro da reserva, é preciso se hospedar nas cidades vizinhas: Pousada Vila Guimarães, Rua Neco Siqueira, 41 - Chapada dos Guimarães- Telefone: (65) 3301-1366; Pousada Penhasco,  Avenida Penhasco, s/n — Chapada dos Guimarães — Telefone: (65) 3624-1000.
  • Quando ir: Aberto o ano todo. De dezembro a março, período de chuvas, julho a outubro, época da seca.
  • Horário de funcionamento: Todos os dias das 9h às 16h.
  • Ingressos: Gratuito, porém tem atrações pagas
  • Contato: (65) 3301-1133

Rennato Rizzaro/Flickr

Parque Nacional das Emas

No sudoeste goiano, quase na divisa entre o Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, encontra-se o Parque Nacional das Emas. A reserva ambiental proporciona uma proposta diferente aos visitantes. O objetivo é a contemplação dos animais característicos do cerrado e da vasta vegetação. Por lá é possível encontrar tamanduá-bandeira, cachorro-do-mato, ema, anta, veado, além de outras espécies como a onça-pintada e a parda,  tatus-canastra e jaguatiricas. Para contemplar a fauna e  flora local, fazer um safári é a melhor opção.

  • Cidade mais próxima: Mineiros (GO), Chapadão do Céu (GO), Serranópolis (GO) e Costa Rica (MS).
  • Aeroporto mais próximo: Mineiros (GO)
  • Hospedagem: Pousada da Fundação das Emas, GO-341, Vila Jacuba (ao lado do parque)—Mineiros (GO), Telefone:(64) 9996-2865. Vitor Hotel, RUA IPÊ, 213 - Centro — Chapadão do Céu (GO), Telefone: (64) 3634-1722. Outras opções de hospedagem podem ser solicitadas no CAT. Telefones: (64) 3661-1547/ (64) 3661-0005
  • Quando ir: Aberto o ano todo. De dezembro a março, período de chuvas, julho a outubro, época da seca.
  • Horário de funcionamento: Todos os dias, das 6h às 20h.
  • Ingressos: R$ 6,00 para moradores de cidades próximas; R$ 13,00, demais visitantes
  • Contato: (64) 3929-6000

GustavoH e Flavia/OXE

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Famoso por abrigar maravilhosas cachoeiras, o Parque Nacional é um dos mais próximos de Brasília e o mais visitado da região.

  • Cidade mais próxima: Brasília (260km) e Goiânia (460km)
  • Aeroporto mais próximo: Brasília
  • Hospedagem: Alto Paraíso (GO), Cavalcante (GO) e São Jorge (GO)
  • Quando ir: Julho a outubro, época da seca, não há riscos de tromba d’água
  • Horário de funcionamento: Terça a domingo, das 8h às 18h (entrada permitida até as 12h)
  • Ingressos: Acesso ao parque gratuito, mas algumas atrações são pagas
  • Contato: (62) 3455-1114
 

* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.