MONUMENTO

Além do Corcovado: as réplicas do Cristo Redentor pelo Brasil e exterior

O simbolismo vai além da religiosidade. A imagem que abraça o visitante conquista a simpatia de todos. Prova disso é que existem cristos em cidades do Brasil e de outros países

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/09/2017 10:00 / atualizado em 06/09/2017 16:42

Adolpho Latorre/Flickr



Eles são grandes e imponentes ou pequenos, mas encantadores. Uns são cartão-postal do lugar, estão em praças ou no alto de morros. Mas a verdade é que não passam despercebidos. Cada um deles tem a própria característica, seja no material com que foi construído ou no significado que tem para a cidade. 


O Turismo descobriu algumas dessas imagens.

Pelo Brasil

Prefeitura de Águas de Lindoia/Divulgação

Águas de Lindoia —  São Paulo 


No interior de São Paulo, no Morro do Cruzeiro, em Águas de Lindoia está a imagem do Cristo Redentor. A apenas 2km do centro, de lá é possível ter uma vista panorâmica da cidade. O acesso pode ser feito tanto de carro como pelo trenzinho que leva do pé ao alto do morro. Além do Cristo, outro forte atrativo local são as águas termais, que atraem turistas que buscam um destino para descansar.


Polo Turismo Cuesta/Divulgação

Avaré —  São Paulo 

Ainda em São Paulo, na cidade de Avaré, o Cristo Redentor tem uma localização privilegiada e uma vista panorâmica da cidade. O monumento foi abençoado pelo Arcebispo Dom Antônio Maria Mucciallo em sua inauguração, em 1997. O responsável pela execução e projeto da obra foi o engenheiro Paulo Roberto da Silva. A cidade tem um cunho religioso muito forte e surgiu a partir de uma capela dedicada a Nossa Senhora das Dores.


Lindomar/Flickr

Barra Velha —  Santa Catarina

No centro de Barra Velha, a imagem de Cristo se destaca na cidade. Com 40 metros de altura, aos pés do monumento é possível avistar a praia, a lagoa e até mesmo os municípios vizinhos. A cidade catarinense é procurada por quem deseja aproveitar o clima litorâneo e desfrutar dos costumes e belezas do sul brasileiro.


Lucianna Rodrigues/Esp.CB/D.A Press

Corumbá —  Mato Grosso do Sul

Na fronteira com a Bolívia, Cristo Rei olha para Corumbá. No alto do morro São Felipe, a escultura feita pela artista Izulina Xavier tem 12 metros e uma vista privilegiada do Pantanal e da cidade sul-mato-grossense. Em Corumbá, são muitas as opções de lazer que se tem, tanto relacionadas à natureza quanto à cultura, compras e gastronomia.


Ricardo Emilio Callegari/Flickr

Poços de Caldas — Minas Gerais 

No interior mineiro, a escultura do Cristo Redentor é um dos pontos fortes do turismo local. Imponente, a escultura tem 30 metros de altura, sendo 14 metros do pedestal, 16 metros da imagem e está 1.686 metros de altitude. Além da vista panorâmica, o visitante pode optar por outras atrações como Passeio de Paraglider e visitar o aquária que existe lá. Para chegar ao Cristo, a maneira mais usada é o teleférico, mas também o acesso se dá de carro ou a pé por uma trilha.


Paulo Roberto de Souza/Flickr

Taubaté —  São Paulo

Uma cópia fiel do Cristo Redentor está no centro de Taubaté. A escultura que foi consagrada pelo bispo Diocesano Don Francisco Borja, está no alto da capela Nossa Senhora da Paz. A imagem se tornou um dos principais pontos turísticos da cidade. O monumento tem 33 metros de altura e 35 toneladas, sendo um dos maiores do Brasil, apenas 7 metros menor que o original. Aos pés do Cristo, o que se tem é uma imagem privilegiada da cidade.



Pelo mundo

Eckhard Mai/Flickr

Wiebodzin —  Polônia 


A maior representação de Jesus Cristo no mundo está na cidade polonesa de Wiebodzin. Ao todo, o monumento tem 52 metros, mas a escultura e si mede 33 metros, representando o tempo que Jesus viveu na terra. A estátua é recente, foi inaugurada em 2010 e foi feita pelo sacerdote local Sylvester Zawadski, que diz que recebeu inspiração do próprio Cristo para fazer a escultura


Ray Edson Hurtado Romero/Flickr

Cochabamba —  Bolívia

Na colina de San Pedro, os 40 metros da escultura do Cristo chamam a atenção de turistas que visitam Cochabamba. Considerada a segunda maior estátua do Cristo Rei do mundo, ela deixa a carioca para trás quando o assunto é tamanho. Duas vezes mais pesada, o monumento tem aproximadamente 2.200 toneladas. Para chegar até o topo, o visitante deve optar por um teleférico que além de conduzir ao Cristo, proporciona uma bela imagem da cidade boliviana.


Inácio Alves/Flickr

Lisboa —  Portugal

Na capital portuguesa, o monumento do Cristo Redentor enfeita a cidade. Inspirado pelo Cardeal-Patriarca Dom Manuel Gonçalves depois de uma visita ao Rio de janeiro, em 1934. É conhecido mundialmente e considerado um símbolo de paz para Portugal. Possui 
28 metros de altura e, somado ao pedestal, fica a uma altura de 110 metros. Pode ser visto a 20 km de distância e atrai milhares de turistas para contemplá-lo.


Jacerdat/Flickr

Torreón, Coahuila —  México

A estátua do Cristo Redentor não é somente um símbolo da cidade de Torreón, mas sim de toda a região Laguna. Criado pelo padre Jose Rodriguez Tenorio, a obra possui 22 metros de altura, 579 toneladas e foi feito em 1973. A escultura é a terceira maior da América Latina, sendo menor somente que o Cristo Redentor do Rio de Janeiro e de Cochabamba.


Karine Nahon/Flickr

Cali —  Colômbia

Para homenagear e celebrar os 50 anos do fim da Guerra dos Mil Dias, o padre José Maria Arteaga encomendou a imagem que ilustra a cidade de Cali. A escultura tem 41 metros de altura e pesa cerca de 465 toneladas. No caminho até o Cristo, cerca de 5km, os visitantes podem contemplar as obras de arte esculpidas em concreto e argila pelo artista Carlos Andres Gomez que retratam momentos da vida de Jesus Cristo.


AidData/Flickr

Díli —  Timor Leste

Do outro lado do mundo, no sudeste asiático, o Cristo Redentor se encontra em cima de um globo terrestre. Na capital do Timor Leste, Díli, a escultura tem 27 metros e é feita de cobre. Por questões religiosas e políticas, a construção do monumento enfrentou grandes obstáculos por parte da população e pelo governo. Apesar das dificuldades, o Cristo foi erguido e se tornou um símbolo local. Para chegar aos pés da escultura, é preciso subir aproximadamente quinhentos degraus.


Anthony Córdova Silva/Flickr

Lima —  Peru

De frente para o Oceano Pacífico, o Cristo olha para a infinidade azul e abençoa os moradores da capital peruana. Com 37 metros de altura, o monumento tem uma grande importância para o Peru. Foi construído em um local onde ocorreu uma importante batalha durante a guerra do Pacífico. Foi construído nas escondidas a mando do ex-presidente Alan Garcia Pérez, que gostaria de presentear os peruanos antes do fim do seu mandato.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.