AMAZÔNIA

Por trás da floresta, conheça os hotéis de selva na Amazônia

Confira acomodações que oferecem pensão completa e atividades variadas, que integram os hóspedes à natureza. E o melhor: as instalações ficam próximas a Manaus

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/09/2017 10:00 / atualizado em 11/09/2017 17:43

 

Quer viver uma experiência na selva? Selecionamos hotéis próximos de Manaus (AM) onde isso é possível. Neles, a programação pode durar até seis noites. Não deixe de fazer o básico. Comece com uma caminhada na selva, acompanhado por um guia que auxilie a identificação de plantas exóticas e medicinais. Arrisque uma pescaria e conheça alguns dos peixes locais como a piranha e faça passeios — noturnos, inclusive, para observar pássaros, jacarés e outros animais. Visitar casas de nativos pode enriquecer o roteiro e o Encontro das Águas é uma atração clássica. Não dá para ir ao Amazonas sem ver. Aproveite a viagem!

 

Amazon Lodge (80 km)

Condor Travel/Flickr

 

Localizado em uma reserva particular intocada, na margem sul do Rio Amazonas, o hotel tem a classificação “Padrão de hospedagem ecológica” pelo Bureau Brasileiro de Turismo. Dentro dos 337 hectares de floresta primária intocada, é possível ter uma experiência de isolamento na floresta, devido à distância de Manaus. Não deixe de dar um mergulho na piscina abastecida com água do rio — que pode chegar aos 32ºC. O complexo oferece pacotes para curtir a selva ao máximo. Um deles inclui pernoite na mata — em redes protegidas por mosqueteiros, na beira do rio, ou em uma tapiri (casa de madeira e palha).
» O preço por casal em pacotes para até 5 noites custam entre R$ 2.010 e R$ 3.212.

www.amazonlodgeamazonas.com.br


Amazon Ecopark (6 km)

Hotel In Site/Reprodução

 

Trinta minutos de barco separam você de uma vivência amazônica completa. O hotel fica às margens do Rio Tarumã, afluente do Rio Negro, e tem 70 suítes entre as árvores, feitas de madeira de alvenaria. Um dos destaques da propriedade é um restaurante panorâmico de arquitetura indígena. A Floresta dos Macacos é outro atrativo. Trata-se de um Centro de Reabilitação de Primatas, projeto da Fundação Floresta Viva que reintroduz animais confiscados do comércio ilegal à natureza. Além de usufruir da estrutura hoteleira, os hóspedes podem adicionar passeios à viagem, como a caminhada na selva e a pescaria.
» O valor por pessoa para estadia de 3 noites varia entre R$ 1.915 a R$ 3.140.

www.amazonecopark.com.br

 

Juma Amazon Lodge (100 km)

Qual Viagem/Reprodução

 

A sudeste de Manaus, em uma área de 7 mil hectares — tão remota quanto preservada —, o hotel foi feito para se integrar à floresta. As acomodações são típicas palafitas (construções de madeira cuja base é fincada no fundo do rio) e tudo funciona por meio de energia solar. Há várias opções de bangalô: os com vista para a floresta, os que ficam na copa das árvores e um panorâmico. Para chegar, são cerca de duas horas de viagem em carros e lanchas, com direito à passagem pelo Encontro das Águas. Os passeios por lá incluem observação de jacarés, visitas à casa de caboclo, caminhadas noturnas e pernoite na floresta.
» Pacotes de duas noites para duas pessoas custam a partir de R$ 1.798.
www.jumalodge.com.br

 

Amazon Tupana Lodge (180 km)

Booking/Reprodução

 

O hotel é pequeno, mas consegue captar e compartilhar com os hóspedes a rusticidade amazônica, que começa no trajeto entre Manaus e as instalações. Desde já, o hóspede tem um espetáculo fluvial ao alcance dos olhos: o encontro das águas dos rios Negro e Solimões. Depois desse percurso, é preciso viajar por 178 quilômetros pela BR-319. O percurso completo dura três horas e inclui lanchas, voadeiras e vans. O hotel fica em uma reserva biológica repleta de espécies de aves, mamíferos e répteis. A estrutura imita as casas dos ribeirinhos, com madeiras nativas, cipós e palha branca.
» O preço por pessoa em pacotes de até 6 noites vai de R$ 997 a R$ 2.630.
www.amazontupana.com

 

Anavilhanas Jungle Lodge (160 km)

Anavilhanas Jungle Lodge/Reprodução.

 

Localizado na região do Parque Nacional de Anavilhanas, área com cerca de 400 ilhas e várias espécies endêmicas, o hotel tem o conforto como curinga. Em alguns dos quartos, as paredes são de vidro e o hóspede vê a mata dia e noite. Há  internet disponível em todas as acomodações, além de camas box. Fora do quarto, não falta o que fazer. De um mirante com altura de 15 metros, a vista é para o arquipélago de Anavilhanas. Entre os passeios, a ida à Gruta do Madadá é imperdível. O Anavilhanas fica no município de Novo Airão e é o único hotel que integra os Roteiros de Charme no Norte do Brasil.
» Pacotes para duas pessoas custam entre R$ 2.800 e R$ 11.043
www.anavilhanaslodge.com/wordpress

 

Mirante do Gavião Amazon Lodge (184 km)

Rainbow Tours/Reprodução

 

O hotel fica em frente ao Arquipélago das Anavilhanas, às margens do Rio Negro, no município de Novo Airão. As acomodações, em madeira de lei certificada, são apenas sete, cercadas por castanheiras e tucumãzeiros, além de restaurante e mirantes. De lá, saem cruzeiros fluviais da Expedição Katerre em roteiros de quatro a 12 dias, que permitem uma experiência amazônica aprofundada. O hotel disponibiliza pacotes com observação de jacarés, mergulho com botos, visita a comunidades tradicionais e praias de água doce, ida à Gruta do Madadá e ao Arquipélago de Novo Airão, além de city tour em Novo Airão. 
» Pacotes de três noites custam entre R$ 2.726 e R$ 4.466 por pessoa

www.mirantedogaviao.com.br/pt-br

 

Pousada Uacari (522 km)

JP Borges Pedro/Flickr

 

De Manaus a Tefé, onde está a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (RDSM) — feita para proteger as várzeas dos rios Solimões, Japurá e Auati-Paraná —, são 60 minutos de voo. A pousada flutuante foi construída com a ideia de gerar o mínimo de impacto na natureza. Por isso, tem ventilação natural, energia solar e sistema próprio de esgoto. Os cinco bangalôs recebem até 24 pessoas e possuem varanda de frente para o rio, com vista para a mata. A pousada tem passeios especiais como a Expedição Onça Pintada, que permite acompanhar o trabalho de pesquisadores de perto por alguns dias.
» Diárias para duas pessoas custam entre R$ 1.930 e R$ 3.290

www.uakarilodge.com.br/pt-br

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.