EXPERIÊNCIAS

Mundo natural, descubra praias pelo planeta ideias para ficar à vontade

Em outros países das Américas, há diversas praias de nudismo. Nos Estados Unidos, elas são famosas e movimentadas. No Uruguai e na Argentina, são belas e mais tranquilas. Conheça mais opções naturistas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/01/2018 10:00 / atualizado em 04/01/2018 18:31

Inigo Silanes/Flickr
 

A Europa foi a responsável por difundir o naturismo pelo mundo, por isso, é o continente que mais possui praias de nudismo. As águas cristalinas do Mar Mediterrâneo são um convite aos apreciadores da natureza. A América, como um todo, também conta com áreas para a prática. Conheça algumas delas.

 

Haulover Beach — Miami, Flórida EUA

Aglez the city guy/Flickr
 

 

Uma das maiores e mais bonitas praias de Miami é destinada ao nudismo. Um dos estados que mais recebem turistas nos Estados Unidos, atrai milhares de pessoas às areias brancas da naturista Haulover Beach. Por ter uma enorme extensão, é possível escolher uma área com muita ou pouca companhia. Uma das poucas praias de nudismo oficiais do país, também é procurada por aqueles que desejam pegar boas ondas e aproveitar o mar claro de Miami. Situada ao norte de Bal Harbour, o acesso até ela é fácil e pode ser feito de carro particular ou ônibus. Apesar de estar no centro, a praia oferece bastante privacidade aos banhistas.

 

Praia de Chihuahua — Punta del Este, Uruguai

Life/Flickr
 

 

A 15km do centro da capital uruguaia, na costa Baía de Portezuelo, está a praia mais famosa do país. A prática naturista não é muito difundida no Uruguai, por isso, só existem duas praias oficiais. A outra é a Praia La Sirena. Em Chihuahua, apenas uma parte é destinada ao naturismo. Quem quiser pode usar roupa de banho. Nas proximidades, há muitas pousadas e hotéis, com boa estrutura. O contato com os animais é um grande diferencial. Por ficar próxima ao rio El Potrero, muitas aves selvagens interagem com os turistas.

 

Black’s Beach — San Diego, Califórnia EUA

Alexander S. Kunz/Flickr.
 

 

A maior praia de nudismo dos Estados Unidos está em San Diego, na Califórnia. Com grandes falésias, a praia é isolada, quase privativa. Para chegar, é preciso descer uma trilha íngreme. A grande faixa de areia permite que os visitantes se espalhem. O sinal de GPS na região é baixo e ao redor da praia não há comércio, então, é preciso ir preparado quanto a alimentos e bebidas. O mar muito agitado, com ondas gigantes que atraem muitos surfistas, restringe a presença de crianças.

 

Playa Escondida — Mar del Plata, Argentina

Escondida/Flickr
 

 

Playa Escondida é primeira e única praia de nudismo de toda a Argentina. O balneário mais famoso do país abriga belezas que podem ser vistas por quem deseja praticar o naturismo. Mas é totalmente proibido tirar fotos no local. A nudez total, no entanto, não é obrigatória. A infraestrutura da praia supre necessidades como banheiros, estacionamento, guarda-sol, bares e massagens. Vendedores ambulantes são proibidos, portanto, tudo o que for consumido precisa ser comprado diretamente dos pontos de venda oficiais. Os animais de estimação são bem-vindos, já que a praia Escondida possui um espaço especial para os bichos.

 

Origem europeia

 

Playa de Ses Illetes — Formentera, Espanha

Inigo Silanes/Flickr
 

 

Uma das principais praias de nudismo da Europa está ao sul de Ibiza, na ilha de Formentera. As águas cristalinas e o clima agradável do local levam milhares de turistas, todos os anos, às areias de Playa de Ses Illetes, no extremo norte da ilha. Procurada por famílias, casais e solteiros, a praia não obriga que ninguém pratique a nudez total, mas é uma excelente opção para aproveitar um pouco mais de liberdade.

Voidokilia — Messênia, Grécia

Terrabook/Flickr
 

 

Ao lado das ruínas de um castelo do século 13 e com uma paisagem exuberante, a praia naturista grega arranca suspiros de quem a visita. O paraíso, banhado pelo Mar Mediterrâneo, além do mar cristalino, possui dunas que compõem a beleza do cenário. Em forma de ferradura, naturistas e banhistas dividem o paraíso de Voidokilia. Quem gosta de aves pode observar os pássaros migratórios da lagoa de Gialova, que fica bem ao lado.

Chkalovsky — Odessa, Ucrânia

Nadyarybkina/Flickr
 

 

Nos meses em que o rigoroso inverno dá uma trégua, os dias de sol na Ucrânia podem ser bem aproveitados na praia de Chkalovsky. Muitas das belezas litorâneas do Leste Europeu estão na pequena cidade histórica de Odessa. A falta de uma areia fofa e confortável não impede que os naturistas aproveitem o verão em caminhadas e cochilos ao sol. Como em muitas outras praias estrangeiras, a nudez completa não é obrigatória. Quem desejar conhecer o local, mas não se sente confortável em abandonar as roupas de banho, também é bem-vindo.

Cap d'Agde — Agde, França

Rémi Avignon/Flickr
 

 

No sul da França, um resort naturista é a sensação daqueles que querem aproveitar o verão francês para se despedir das roupas e das malas. Muitas famílias têm o costume de ficar durante os meses mais quentes do ano à beira-mar e completamente nus. Com 2km de areia, os banhistas aproveitam para curtir a natureza em harmonia com o corpo. O nudismo não se restringe somente à areia, quem visita Cap d’Agde pode ficar à vontade para circular nas dependências do resort, nos mercados e nos shoppings sem roupa alguma.

Lokrum — Dubrovnik, Croácia

Helmuts Rudzuitls/Flickr
 

 

Croácia é conhecida por suas belas praias com águas cristalinas em tons de azul-turquesa e verde-esmeralda. Lokrum é o destino ideal para quem deseja unir as belezas ao naturismo. A menos de um quilômetro da histórica Dubrovnik, no sudeste da ilha de Lokrum, está a famosa praia de nudismo do mar Adriático. A vista para a região dos Bálcãs compõe um cenário ideal para quem deseja reviver as belezas do litoral europeu, conhecer a história e se sentir livre.

 

Vecaki — Riga, Letônia

Liz Broon/Flickr
 

 

Uma das orlas naturistas mais famosas do Mar Báltico está a poucos quilômetros da capital da Letônia, Riga. As águas não são translúcidas, mas, nos meses em que o verão é bem acentuado e o calor invade o país, as pessoas não perdem tempo e correm para as areias fofas de Vecaki. Quem deseja aproveitar as praias da Letônia, mas não quer aderir ao nudismo, pode optar por praias próximas, com as mesmas características. Não faltam opções.
 

 

 

*Estagiária sob orientação de Taís Braga

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.