Publicidade

Estado de Minas PIAUÍ

Morada dos pássaros Guarás: descubra os encantos piauienses

Inclua o Piauí em seu roteiro de viagem e confira algumas sugestões para aproveitar o passeio


postado em 08/02/2018 10:00 / atualizado em 07/02/2018 17:53

(foto: Ananda Rope/CB/D.A Press)
(foto: Ananda Rope/CB/D.A Press)


Morada dos pássaros guarás

O Piauí é o ponto intermediário entre os três estados que compõem a Rota das Emoções. Os estados são divididos pelo maior rio nordestino, o Parnaíba, com cerca de 2.700 quilômetros quadrados. Os destaques do Piauí estão entre as curiosidades da fauna da região, o passeio pelo Delta do Parnaíba e a praia de Barra Grande. Quem realizar esse ponto da rota terá um momento de contemplação e observação.

Ao sair de Atins, Parnaíba pode ser um dos pontos de parada. As duas regiões são opostas, o cenário de interior se perde nas construções de concreto da cidade. Restaurantes, hotéis, praias, bares e comércios fazem parte da paisagem. Com mais de 100 mil habitantes, Parnaíba é um dos quatro municípios litorâneos do Piauí. Os outros três são Ilha Grande, Luiz Correira e Cajueiro da Praia.

Para acessar o Delta do Parnaíba é preciso ir até o porto dos Tatus, na cidade de Ilha Grande, a nove quilômetros de Parnaíba. O Delta pode ser considerado um santuário ecológico. Os guias explicam que o Delta tem a configuração semelhante a uma mão aberta, onde cada dedo tem característica própria. Eles são: Barra de Tutoia, Barra do Caju, Barra do Igaraçu, Barra das Canárias e Barra da Melancieira.

(foto: Paulo Barros/Setur-PI/Divulgação)
(foto: Paulo Barros/Setur-PI/Divulgação)

Ainda que o passeio comece pelo Piauí, o Delta fica na divisa com o Maranhão. No total, são 70 ilhas e ilhotas e os caminhos dos “dedos” desaguam no mar. O Delta é o maior produtor de caranguejo do Brasil. São mais de 3 mil coletores ao longo dos mangues e são vendidas cerca de 30 toneladas por semana.

A excursão pelo Delta é feita de lancha e custa, em média, R$ 250 para cinco pessoas e o barco com 60 lugares fica em torno de R$ 60 para cada. São mais de 5 horas de passeio que termina com a contemplação do pôr do sol. Pelo Delta, também é possível acessar os Pequenos Lençóis, que são uma degustação do que é possível encontrar nos Lençóis Maranhenses. Os mais aventureiros também podem entrar nos mangues, acompanhados pelo guia.

Vermelhos

Um dos pontos mais famosos do Delta é a Ilha dos Guarás (foto acima). Por volta das 17h, após passarem o dia se alimentando, os pássaros voltam para a ilha para dormir. A embarcação fica posicionada próximo e é possível observar o retorno deles. Os guarás ficam com a coloração vermelha porque se alimentam do caranguejo uçá. Quando nascem, eles são pretos e mudam de cor ao longo da vida. A contemplação dos pássaros dura cerca de 1 hora. As árvores da Ilha dos Guarás ficam cheias de pontos vermelhos.

Em Barra Grande, as praias são ideais para a prática de esportes (foto: Paulo Barros/Setur-PI/Divulgação)
Em Barra Grande, as praias são ideais para a prática de esportes (foto: Paulo Barros/Setur-PI/Divulgação)

Além desse roteiro, há a Rota do Cavalo Marinho. Os visitantes precisam ir até Barra Grande, uma vila de Cajueiro da Praia. De Parnaíba, são cerca de 60km até o local. A excursão ecológica é realizada de canoa, dura cerca de 3 horas e custa, em média, R$ 50 por pessoa. Nessa atividade é possível observar mangues, igarapés e as espécies nativas de fauna e flora da região. No final do passeio, é possível tomar banho nas águas claras do lugar onde os guias mostram a morada dos cavalos marinhos e podem pegar um espécime para mostrar aos visitantes.

Os cavalos marinhos, contam os guias, levam um relacionamento monogâmico e só buscam outro parceiro quando um deles morre. Outro bicho curioso é a garça azul. Semelhante ao guará, ela se alimenta de um caranguejo que tem a coloração acinzentada e assume a cor deles. Após finalizar a Rota do Cavalo Marinho, é possível seguir direto para a vila de Barra Grande. 

(foto: Paulo Barros/Setur-PI/Divulgação)
(foto: Paulo Barros/Setur-PI/Divulgação)

O lugar dispõe de uma praia paradisíaca que é famosa pela prática do kaitesurfe. O esporte é muito famoso na região e atrai público de diversas partes do mundo, principalmente o europeu.

Em Barra Grande há vários estabelecimentos comerciais instalados a poucos metros da praia. A culinária piauiense também se destaca nos produtos vindos do mar. À noite, Barra Grande se transforma. As pipas do kaitesurf somem do céu e os bares da região ganham vida. Repletos de música ao vivo, a população local e os turistas saem para comer e beber nos estabelecimentos locais. Para quem busca diversão em um lugar paradisíaco, essa parte do Piauí é indicada.

Pablo Rios saiu da Colômbia e fez a Rota das emoções a pé(foto: Walder Galvao/Esp. CB/D.A Press)
Pablo Rios saiu da Colômbia e fez a Rota das emoções a pé (foto: Walder Galvao/Esp. CB/D.A Press)

Rota a pé

Nascido em Bogotá, na Colômbia, o vendedor de artesanato Pablo Rios, 28 anos, decidiu fazer a Rota das Emoções a pé. A história de Pablo no Brasil começou há três anos, quando ele chegou ao país pelo Acre. De lá, passou pelo Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. O homem descobriu a rota quando estava em terras cariocas e viu a integração dos três estados em um mapa. “Comecei esse caminho de um jeito alternativo. Há três meses estou fazendo o percurso”.

Pablo decidiu vir para o Brasil para aprender o português. Ele começou a Rota das Emoções por Jericoacoara, no Ceará. Durante o dia, o colombiano vende os artesanatos que produz com materiais simples, como cobre. À noite, quando tem dinheiro, procura alguma instalação para dormir, porém, Pablo já passou muitas noites na praia. “Aqui, quase não tem violência e o clima é bom. Nunca mexeram comigo”, relata. Assim que terminar a rota, Pablo promete ir para outros países. Ele quer aprender inglês e francês. “Mais difícil do que falar o idioma é falar as gírias da rua. Isso que eu quero aprender”, brinca.(WG)

 

Onde ficar

Parnaíba
Casa de Santo Antônio 
Hotel de Charme
(86) 3322-1900

Barra Grande
Pousada Manatí
(86) 3369-8100

Onde comer

Parnaíba
Ilha das Canárias
(86) 99993-6178

Barra Grande

Restaurante da pousada BGK
(86) 3369-8019
La Cozinha
(86) 3369-8171

Receptivo

EcoAdventure
(86) 3323-9595

Clip Ecoturismo e Aventura
(86) 3322-3129

Natur Turismo
(86) 3322-8174

MB Turismo
(86) 3321-1969

Dicas para o passeio no Delta do Paranaíba
» Usar protetor solar;
» Levar chapéu ou boné;
» Vestir roupas leves;
» Levar toalha de banho;
» Passar repelente;
» Não esquecer a câmera fotográfica ou filmadora.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade