Publicidade

Correio Braziliense

Comissão rejeita descriminalização do aborto

 


postado em 07/05/2008 16:19 / atualizado em 07/05/2008 16:36

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara rejeitou no fim desta terça-feira (6) o projeto de autoria dos ex- deputados Eduardo Jorge e Sandra Starling que descriminaliza o aborto provocado pela própria gestante ou com o seu consentimento. Foram quase cinco horas de tensos debates entre grupos favoráveis e contra o aborto. O relator do projeto, deputado Jorge Tadeu Mudalem (DEM-SP), apresentou parecer contra a proposta. Foram 33 votos contrários, que seguiram o parecer do relator. Os deputados favoráveis à proposta apresentaram vários requerimentos para tentar adiar a discussão e a votação. Como não obtiveram sucesso eles se retiraram da sessão. A deputada Cida Diogo (PT-RJ) criticou. "Como não conseguimos convencer nossos colegas que era preciso mais debate, em protesto estamos nos retirando", disse a deputada. A reunião foi marcada por manifestações. Grupos favoráveis saíram gritando "essa hipocrisia da hemorragia". Durante a votação, vários deputados também se manifestaram a favor do parecer do relator.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade