Publicidade

Correio Braziliense

Empresa de vinhos é fechada em MG

 


postado em 04/07/2008 11:14 / atualizado em 04/07/2008 11:44

Um consumidor resistrou boletim de ocorrência na cidade de Santa Luzia, MG após encontrar dentro da garrafa de vinho que havia comprado uma barata. A fábrica, localizada na mesma cidade, foi visitada pela perícia séptica da polícia civil e a vigilância sanitária que interditaram dois dos três galpões onde o vinho era produzido. Na fábrica, encontraram insetos misturados aos recipientes de bebida, roupas sujas na área das garrafas e vidros quebrados além de equipamentos em mal estado de conservação. [VIDEO1] Segundo a fiscal sanitária Isolina Machado a fábrica não tem condições higienicas e sanitárias para estar em funcionamento. “Não tem alvará de localização nem alvará sanitário. O último alvará de localização é de 2005, não tem condiçao nenhuma de estar funcionando”, afirmou a fiscal. Ao retornar a policia encontrou os lacres violados e a empresa funcionando. “Nossa surpresa foi chegar aqui e o pessoal ja estava dentro do local e iria continuar a reciclar vinho de forma ilegal, ja que eles não tem autorização para tal”, afirmou o delegado Islande Batista. Um representante da fábrica negou que a empresa estivesse em situação irregular e disse que a produção de vinhos estava suspensa, motivo pelo qual haveria sujeira e equipamentos parados. O funcionário sugeriu que estava sendo vítima de tentativa estorção pelo consumidor que encontrou a barata na garrafa. “Ele pediu R$ 20 mil, depois baixou pra R$10, eu disse que não negociaria”, afirmou o representante. O delegado afirmou que os responsaveis pela fábrica vão responder primeiro pela desobediencia a interdição, por crime contra saúde pública e estelionato. “Colocando um vinho dessa natureza, com essa qualidade, no mercado poderia até tirar a vida de alguém” afirmou Batista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade