Brasil

Índios mantêm cinco reféns em aldeia no Xingu desde quinta-feira

;

postado em 02/08/2008 16:27
Índios da etnia Kayabí que habitam uma área do Parque Indígena do Xingu, em Mato Grosso, mantêm reféns desde a última quinta-feira (31/07) quatro pescadores e um servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai) na Aldeia Sobradinho. Eles reivindicam a ampliação de suas terras. A informação é do coordenador de Fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Bruno Barbosa. Nessa sexta-feira (01/08), os índios concordaram com a liberação dos funcionários do Ibama e de um servidor da Funai. Hoje (02/08), um helicóptero foi ao local resgatá-los. Entretanto, segundo Barbosa, os quatro pescadores permanecem reféns, assim como um funcionário da fundação, que tenta negociar o fim do protesto. "Nosso helicóptero vai permanecer na região para apoiar na retirada dos reféns", disse Barbosa.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação