Publicidade

Correio Braziliense

Estudantes mantêm ocupação de reitoria da Uerj

 


postado em 12/09/2008 19:39 / atualizado em 12/09/2008 19:43

Cerca de 300 estudantes ocupam a reitoria da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) desde a noite de quarta-feira (10/09). Eles alegam que a reitoria não aceita dialogar com os alunos desde que a atual gestão do Diretório Central dos Estudantes (DCE) assumiu. O grupo alega que a manifestação é uma forma de apoiar as reivindicações de professores e funcionários, que pretendem entrar em greve na segunda-feira (15/09). O estudante Rafael Machado, membro do DCE, afirma que a universidade tem direito a 6% de todo o orçamento do estado, mas nunca recebeu recursos que equivalente a esse percentual. Segundo ele, o governo estadual transfere apenas 50% do total que deveria ser destinado à instituição. Além de mais recursos, os alunos querem que o vestibular marcado para este domingo (14) seja adiada. “A gente entende que a situação vivida hoje pela universidade é demasiadamente absurda. Com o cancelamento do vestibular, queremos mostrar à sociedade todos os problemas da universidade”, disse Rafael. Os alunos pedem ainda a construção imediata de um restaurante universitário, a elevação da bolsa de monitoria, concurso para professores e outras políticas de assistência aos estudantes. Nesta sexta-feira (11/09), eles tiveram uma reunião com a reitoria, mas não houve entendimento. A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia não soube informar sobre o valor do orçamento destinado à universidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade