Publicidade

Correio Braziliense

Em São Paulo, Lei Seca registrou 600 motorista com alcoolemia

 


postado em 03/11/2008 10:12 / atualizado em 03/11/2008 10:36

Desde que a Lei Seca entrou vigor, em junho, 8,5 mil motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro em São Paulo e 600 tinham índice de alcoolemia acima do permitido. Desse total, 192 apresentaram mais de 0,3 miligrama de álcool por litro de ar expelido, o que resulta na apreensão da habilitação. Até agora, 190 procedimentos administrativos estão em andamento. Ninguém perdeu a habilitação. A Secretaria Municipal de Saúde indica que o número de feridos por acidente de carros que envolvem o uso de bebida alcoólica caiu 30,8% em julho com relação ao mesmo período de 2007. Já de 19 de junho a 19 de outubro, período de vigência da lei, a queda foi de 10,5% quando comparado ao mesmo período do ano passado. O levantamento é feito em 17 hospitais municipais da capital paulista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade