Brasil

Grupo de trabalho discutirá futuro da saúde indígena

;

postado em 19/12/2008 18:08
O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, informou nesta sexta-feira (19/12) que um grupo de trabalho composto por lideranças indígenas e representantes do governo está em formação para discutir mudanças no atendimento à saúde dos índios. A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) é responsável pelo serviço, que passará para o ministério. As orientações para a criação do grupo de trabalho constam de portaria publicada, ontem (18/12), no Diário Oficial da União. O documento informa que devem participar do grupo representantes dos indígenas, do ministério, da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da própria Funasa. Ao grupo também caberá a elaboração do pré-projeto da Secretaria de Saúde Indígena, que deve ser apresentado em três meses ;A idéia é que, em um primeiro momento, (a competência) saia da Funasa e vá para o ministério;, afirmou. ;A partir daí se discutirá a construção de uma unidade especializada no atendimento indígena;, informou Temporão, no Rio, durante anúncio da criação de unidades de emergência no país. O ministro também disse que durante a transição parcerias firmadas com a Funasa na área de saúde indígena serão mantidas. ;Daremos os passos necessários com tranqüilidade, garantindo, principalmente a continuidade de contratos e convênios para que não haja nenhum risco descontinuidade nos atendimentos;. Durante balanço anual das atividades, na última terça-feira (16), o presidente da Funasa, Danilo Forte, informou que o governou decidiu criar a Secretaria Especial de Atenção à Saúde Indígena. Em novembro, cerca de 200 lideranças divulgaram uma carta pedindo que a Funsa fosse substituída.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação