Publicidade

Correio Braziliense

Tambor de Crioula abre segundo dia de carnaval em São Luís

 


postado em 21/02/2009 18:41 / atualizado em 21/02/2009 18:42

A batida forte do Tambor de Crioula, dança que teve origem nos quilombos do Maranhão, deu início neste sábado (21/02) ao segundo dia de carnaval em São Luís. Vários grupos da dança, de diversos bairros da cidade, se alternaram na apresentação no Bairro da Madre Deus, no centro da cidade, no circuito oficial do carnaval de rua. Sabino França dos Santos há mais de dez anos é um dos tocadores do grupo Tambor de Julião. Para ele, a dança dos escravos não tem período certo para se apresentar. "O Tambor de Crioula sai todo o tempo. Não só no carnaval e no São João. É uma brincadeira que não tem data", afirmou. No Tambor de Crioula os homens são responsáveis pela cantoria e pelo tocar dos tambores. Já as mulheres, vestidas com blusas brancas com bordados, saias rodadas com várias cores e lenços na cabeça, dançam em uma roda animada. Sabino explicou que são três tambores que marcam o ritmo da dança tradicional: o tambor grande, que é amarrado ao tocador por uma corda na cintura, o socador que dá o ritmo da dança, e o crivador, que é o menor dos instrumentos e tem um som mais agudo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade