Publicidade

Correio Braziliense

MPF cobra distribuição pelo SUS de remédio para tratamento de AVC


postado em 30/09/2009 20:31

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo abriu inquérito civil público para investigar as razões pelas quais o Sistema Único de Saúde (SUS) não faz a distribuição de medicamento que trata de acidente vascular cerebral (AVC). O inquérito foi instaurado nesta terça-feira (29/9) pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão.

O procurador-regional dos Direitos do Cidadão, Jefferson Aparecido Dias, responsável pelo inquérito, enviou ofício ao secretário de Atenção à Saúde, Alberto Beltrame, solicitando os esclarecimentos sobre a suposta inviabilidade da distribuição do medicamento contra o AVC. "O argumento de que o custo do fornecimento do remédio é elevado não é convincente. O AVC é a principal causa de morte no Brasil, deixando sequelas graves nos que conseguem sobreviver. Essas mortes, o tratamento e a assistência aos que sobrevivem, provavelmente, resultam em um custo mais elevado para a União do que o custo do fornecimento do remédio", afirmou o procurador.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade