Publicidade

Correio Braziliense

Chuva assusta São Paulo

Temporal castiga município de São José do Rio Preto. Frente fria chega amanhã à capital


postado em 08/10/2009 10:04

Bastaram 30 minutos de chuvas para várias ruas do município de São José do Rio Preto, a 438km de São Paulo, se tornarem rios. Avenidas importantes inundaram rapidamente. O temporal teve momentos dramáticos. A dona de casa Cristina Nunes, de 29 anos, estava de moto quando foi surpreendida com a inundação. Ela procurou se proteger se escorando em um carro, enquanto voluntários tentavam resgatá-la. A ação foi toda filmada. Um homem chegou a segurar Gisele, mas a força da água derrubou os dois e ela desapareceu sob o aguaceiro. Foram instantes de desespero. Por quase dois minutos não se sabia onde Gisele estava. Enquanto isso, outra mulher tentava sair de um carro quase todo coberto pelas águas. Até que Gisele conseguiu levantar uma das mãos. Ela ficou presa embaixo do carro. Nesse momento, mais pessoas apareceram para ajudar e todas foram também levadas pela força da água. A dona de casa acabou se soltando sozinha. Depois, foi levada a um hospital, sem ferimentos graves. Na capital, o dia foi ensolarado. Somente no fim da tarde foram registradas pancadas de chuva em bairros mais afastados. Hoje, porém, a previsão é de chuva forte. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o temporal visto ontem em São José do Rio Preto foi provocado por uma frente fria que passou pelo Sul do país e chegou ao estado de São Paulo provocando chuvas intensas e rápidas. Há alerta para o risco de chuva forte para hoje no interior, que deve vir acompanhada de rajadas de vento e, eventualmente, queda de granizo. Ainda segundo o CGE, os maiores volumes de chuva são esperados para amanhã, quando a frente fria chega efetivamente ao Sudeste, trazendo chuvas e declínio das temperaturas. Queda de granizo Na terça-feira última, um forte temporal deixou 22 bairros da capital em estado de atenção. Segundo o CGE, a chuva foi provocada pelo forte calor que atingiu a cidade e pela umidade, que formaram áreas de instabilidade. Houve queda de granizo no Ipiranga, na região da Rua Vergueiro e em Campo Limpo, na Zona Sul. Os ventos chegaram a 40km/h, às 16h, no Aeroporto de Congonhas. No dia 8 do mês passado, uma tempestade atingiu vários pontos da capital, provocando o transbordamento de córregos, ente eles o Jacu, no Jardim Pantanal, no bairro de São Miguel Paulista, deixando a região inundada. As chuvas também causaram o alagamento na avenida Guido Aliberti, no centro de São Caetano do Sul, no ABC paulista. Segundo a Defesa Civil da região, o alagamento parou o trânsito na região por três horas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade