Publicidade

Correio Braziliense

Acusado de matar bebê é liberado


postado em 25/03/2010 16:40

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu anular ontem o processo que investigou e condenou Oscar Gonçalves do Rosário a 20 anos de prisão pela morte de Gabrielli Cristina Eicholz, de 1 ano e meio. A criança foi encontrada morta em uma pia batismal de uma igreja em Joinville (SC) e chocou o país à época. O pedreiro estava preso desde 2007 na Penitenciária Industrial de Joinville. Ele deixou a penitenciária às 18h30 de ontem. Segundo o Tribunal de Justiça, a decisão de anular o processo teve por base irregularidades nos procedimentos policiais e os trabalhos de investigação devem ser reiniciados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade