Publicidade

Correio Braziliense

Ibama flagra desmatamento ilegal no Pará


postado em 21/05/2010 19:05

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informou ter interrompido esta semana o desmatamento ilegal em 11 áreas de florestas na Amazônia. Em nota divulgada nesta sexta-feira (21), o órgão revelou que seus fiscais constataram a destruição de cerca de 2 mil hectares de matas preservadas quando sobrevoavam as cidades de Monte Alegre, Almeirim e Prainha, no noroeste do Pará. A área desmatada corresponde a 200 campos de futebol.

 

Ainda segundo o Ibama, os três municípios paraenses aparecem com destaque entre os que mais desmatam a Amazônia Legal. Os fiscais visitavam a região justamente para checar as áreas identificadas pelo Sistema de Detecção de Desmatamentos em Tempo Real (Deter), um programa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) que monitora a Amazônia Legal.

 

Na nota, o órgão informa ainda que a vegetação vinha sendo destruída para que os terrenos fossem transformados em pastos, que agora serão embargados para permitir a regeneração da floresta. Além disso, os donos das áreas desmatadas terão prazo de cinco dias para apresentar as licenças de desflorestamentos ou serão multados em R$ 5 mil por hectare derrubado.

 

Durante a fiscalização também foram apreendidas três espingardas, seis armas artesanais e uma motosserra abandonadas nos acampamentos dos desmates.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade