Publicidade

Correio Braziliense

Mais uma baleia encalhada no litoral gaúcho


postado em 30/08/2010 16:45

Biólogos do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar), integrantes da Patrulha Ambiental da Brigada Militar e da Secretaria do Meio Ambiente de Arroio do Sal estão verificando mais um caso de baleia encalhada no litoral do Rio Grande do Sul. As primeiras informações indicam que se trata de um filhote de baleia Franca, que já estaria morto e com a carcaça em estado de decomposição.

Segundo o biólogo do Ceclimar, Maurício Tavares, a possibilidade de ser uma baleia Franca é grande, já que é uma espécie comum no litoral gaúcho. "Mesmo quando estávamos fazendo o resgate da jubarte em Capão Novo, nós avistamos algumas vezes baleias dessa espécie. Um veterinário que está no local disse que se trata de uma baleia Franca, mas depois que chegarmos no local poderemos afirmar. Já se sabe que o animal está morto pelo estado de decomposição", explicou o biólogo.

É o segundo caso este mês de baleia encalhada no litoral gaúcho. No domingo, dia 22, uma jubarte de 25 toneladas e cerca de 11 metros foi encontrada encalhada em Capão Novo. Os biólogos conseguiram soltar o animal na terça-feira, mas ela voltou à beira da praia no dia seguinte, fraca e debilitada. Apesar dos esforços para um novo resgate, a baleia morreu na tarde de quinta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade