Publicidade

Estado de Minas

Tráfico de drogas pela fronteira paraguaia é o que mais preocupa a PF


postado em 03/08/2011 19:53

Brasília - A fronteira com o Paraguai é a que mais preocupa as autoridades policiais brasileiras no que diz respeito ao tráfico de drogas. A informação é do diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Oslain Campos Santana. “A fronteira com o Paraguai nos preocupa mais do que a fronteira com a Bolívia, porque é por ela que entra a maior parte da maconha e da cocaína consumidas no Brasil”.

Ele foi um dos participantes da audiência pública na Comissão Especial sobre Políticas Públicas de Combate às Drogas da Câmara dos Deputados.

Na audiência, Santana disse que, para conter a entrada das drogas no Brasil, a Polícia Federal está colocando os policiais que se formam na Academia de Polícia para trabalhar na fronteira como primeiro posto. Ele informou que, em 2007, havia pouco mais de 500 policiais trabalhando nas fronteiras. No ano passado, esse número passou para quase mil.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade